sexta-feira, setembro 30, 2011

Sopa toscana de feijão branco e os croûtons mais gostosos que já preparei

English version

Tuscan bean soup / Sopa toscana de feijão branco

Quando falei pro João que iria preparar esta sopa ele fez a sua tradicional cara de nojinho e falou: “detesto feijão branco”. Imediatamente pensei “você detesta tudo” mas como estava de ótimo humor continuei cozinhando e cantando (naquele dia “Breakfast in America” estava grudada na minha cabeça).

O marido não comeu a sopa mas ficou doido pelos croûtons – e estavam mesmo deliciosos. Não tinha idéia de que croûtons preparados na frigideira pudessem ficar tão bons. Ele acabou comendo quase todos os pedacinhos dourados de pão – eu deveria ter dito a ele “sem sopa, nada de croûton”, mas não consegui. Sou uma banana, mesmo. :)

Sopa toscana de feijão branco
da sempre linda e deliciosa Australian Gourmet Traveller

- xícara medidora de 240ml

Sopa:
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 alhos-porós, somente a parte branca, bem picadinhos
1 cebola bem picadinha
6 dentes de alho bem picadinhos
400g de feijão branco seco, colocado de molho em água fria na véspera, escorrido
5 xícaras (1,2l) de caldo de legumes ou de galinha
1 ¼ xícaras (300ml) de creme de leite fresco
sal e pimenta do reino moída na hora
azeite de oliva extra-virgem, para regar

Croûtons:
1/3 xícara (80ml) de azeite de oliva
150g de ciabatta amanhecida – ou o seu pão preferido – em cubos rústicos

Aqueça o azeite em uma panela grande, em fogo médio. Junte o alho-poró, a cebola e o alho e refogue até que estejam macios (8-10 minutos). Junte os feijões e o caldo, deixe ferver e então cozinhe em fogo médio-baixo até que os feijões estejam bem macios (30-45 minutos; adicione mais caldo se os feijões começarem a secar).
Enquanto isso, prepare os croûtons: aqueça o azeite em uma frigideira grande, em fogo médio. Acrescente os cubos de pão e vá mexendo até que dourem e fiquem crocantes (2-4 minutos). Retire do fogo e coloque os croûtons sobre papel toalha.
Transfira a sopa para um processador de alimentos ou liquidificador e bata, aos poucos, com o creme de leite até obter uma mistura homogênea.
Tempere a gosto e sirva quente regada com azeite e acompanhada dos croûtons.

Rend.: 6 porções

quarta-feira, setembro 28, 2011

Tortinhas de amêndoa com pêras assadas

English version

Little almond crostate with roast pears / Tortinhas de amêndoa com pêras assadas

A minha estação do ano favorita começou semana passada – está na hora de dizer adeus aos tão adorados morangos, maçãs e pêras. Mas tudo bem: mangas e melancias chegam para me alegrar – e as frutas com caroço logo estarão por aí, também.

Uma última receita com pêras para comemorar o final do inverno enquanto eu procuro por receitas com um jeitão primaveril... :)

Little almond crostate with roast pears / Tortinhas de amêndoa com pêras assadas

Tortinhas de amêndoa com pêras assadas
um nadinha adaptadas da sempre maravilhosa Australian Gourmet Traveller

- xícara medidora de 240ml

Massa (pasta frolla de amêndoa):
60g de amêndoas cruas e com casca
180g de farinha de trigo
100g de manteiga sem sal, gelada e picada
60g de açúcar de confeiteiro, peneirado
raspas da casca de 1 limão siciliano
1 pitada de sal
1 ovo + 1 gema, levemente batidos com um garfo

Creme de amêndoa:
2/3 xícara (160ml) de leite integral
3 pedaços de casca de limão siciliano – use um descascador de legumes para removê-los
2 gemas
½ xícara (100g) de açúcar refinado
50g de manteiga sem sal, amolecida
½ xícara (50g) de farinha de amêndoas (amêndoas finamente moídas)
1 colher (chá) de rum escuro

Pêras assadas:
8 pêras pequeninas, como as do tipo Corella (não sei há esse tipo de pêra aqui no Brasil) cortadas ao meio, miolos removidos com um boleador – usei umas perinhas minúsculas chamadas “Ercolini”
¾ xícara (150g) de açúcar refinado
raspas da casca + o suco de 2 limões sicilianos
¼ xícara (56g) de manteiga sem sal, picada

Comece preparando a massa (pasta frolla de amêndoa): processe as amêndoas e 50g da farinha de trigo em um processador de alimentos até moer bem as amêndoas. Junte a manteiga, o açúcar, as raspas de limão, a farinha de trigo restante e o sal e processe até obter uma farofa grossa. Junte a mistura de ovos e processe somente até que uma massa comece a se formar. Transfira a mistura para uma superfície levemente enfarinhada e misture com as mãos até obter uma massa uniforme. Forme um disco com a massa, embrulhe em filme plástico e leve à geladeira por 1-2 horas.

Enquanto isso, prepare o creme de amêndoa: leve o leite e a casca de limão siciliano ao fogo médio-alto até começar a ferver. Em uma tigela média, misture as gemas e ¼ xícara (50g) do açúcar com um fuê até dissolver o açúcar. Adicione o leite quente, mexendo sempre, e verta a mistura de volta à panela. Volte ao fogo, mexendo sempre, e cozinhe até a mistura engrossar (2-3 minutos). Retire do fogo, remova a casca de limão e deixe esfriar completamente.
Na tigela da batedeira, bata a manteiga e ¼ xícara (50g) de açúcar restante até obter um creme claro e fofo (1-2 minutos), junte a farinha de amêndoas, o rum e a mistura de leite e gemas (já fria). Misture e reserve em temperatura ambiente.

Agora, as pêras: pré-aqueça o forno a 180/C. Coloque as pêras, com o lado cortado para cima, em um refratário ou forma de modo que as frutas fiquem bem juntinhas umas às outras. Polvilhe com o açúcar e as raspas de limão, regue com o suco de limão e espalhe pedacinhos de manteiga por cima das pêras, incluindo um pedacinho dentro de cada cavidade. Asse, regando as pêras com o caldo que se formará no refratário, até que as frutas estejam macias e com as extremidades douradas (35-40 minutos). Mantenha aquecidas.

Asse as tortinhas: unte levemente com manteiga 8 forminhas de tartelette com 9cm de diâmetro cada. Divida a massa em 8 partes iguais. Você vai trabalhar com um pedaço de massa por vez (mantendo os demais pedaços refrigerados) – abra cada pedaço de massa com o rolo, entre dois pedaços de papel manteiga levemente enfarinhados, até obter círculos de 3mm de espessura. Forre as forminhas preparadas com a massa e remova o excesso. Faça furinhos em toda a massa usando um garfo pequeno. Divida o creme de amêndoas entre as tortinhas. Asse até que dourem (35-40 minutos). Sirva as tortinhas mornas ou em temperatura ambiente acompanhadas das pêras e sua calda.
As tortinhas são mais gostosas se consumidas no dia em que forem preparadas.

Rend.: 8 unidades – fiz metade da receita acima, usei forminhas de 9cm e ainda assim consegui 6 tortinhas

segunda-feira, setembro 26, 2011

Bolinhos de limão siciliano e maçã

English version

Apple and lemon cakes / Bolinhos de limão siciliano e maçã

Zero inspiração para o post de hoje. Nem um grama sequer. Mas por favor não deixem que isso os impeça de preparar estes bolinhos: eles são deliciosos e super macios.

Bolinhos de limão siciliano e maçã
adaptados dos bolinhos de damasco da Donna Hay

- xícara medidora de 240ml

125g de manteiga sem sal, amolecida
1 xícara + 1 ½ colheres (sopa) - 218g - de açúcar cristal
raspas da casca de 2 limões sicilianos
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 colher (sopa) de suco de limão siciliano
2 ovos
1 ½ xícaras (210g) de farinha de trigo
1 ½ colheres (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
1 maçã grande

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga seis forminhas de mini bolo com capacidade para 1 xícara (240ml) cada.
Coloque a manteiga, o açúcar, as raspas de limão e a baunilha na tigela grande da batedeira e bata até obter uma mistura clara e fofa. Junte o suco de limão. Adicione os ovos, um a um, batendo bem a cada adição. Raspe as laterais da tigela com uma espátula de silicone.
Peneire a farinha, o fermento e o sal sobre a massa na tigela e misture com a espátula até incorporar tudo. Divida a massa entre as forminhas preparadas.
Corte a maçã ao meio e retire o cabinho e as sementes. Corte cada metade em 9 fatias finas, removendo o miolo. Arrume 3 fatias de maçã sobre cada bolo e asse por 20-25 minutos ou até que dourem e cresçam (faça o teste do palito). Deixe esfriar nas formas, sobre uma gradinha, por 15 minutos. Desenforme com cuidado e deixe esfriar completamente sobre a gradinha.

Rend.: 6 bolinhos

quinta-feira, setembro 22, 2011

Croquetes de cenoura e damasco e uma mentirinha leve

English version

Carrot and apricot croquettes / Croquetes de cenoura e damasco

Admito ser viciada em livros de receitas mas há alguns nos quais não vejo a menor graça – jamais compraria este livro, por exemplo. Nunquinha. Detesto a idéia de enganar crianças para que eles comam legumes e frutas. Eles têm de comer boa comida sabendo disso. Deveriam saber que cara e gosto beterrabas ou cenouras ou beringelas têm. Minha mãe me alimentou assim quando eu era pequena e eu fiz o mesmo com minha irmã.

Mas a vida é cheia de surpresas e acabei casando com um enjoadinho. Sim, podem rir agora. :)
Portanto, quando o marido me perguntou o que tinha nesses croquetes eu menti. MENTI, gente. Não contei pra ele que tinha damasco seco. Não, senhor. Só cenoura com um tiquinho de ervas, nada mais.

Eu provavelmente deveria me sentir culpada por mentir pra ele mas não me sinto, não. Ele comeu vários croquetinhos e disse que estavam gostosos. Acho que vou continuar mentindo sobre ingredientes – ora, posso até transformar isso em um esporte Olímpico. :D

Croquetes de cenoura e damasco
um nadinha adaptados da sempre linda e deliciosa Australian Gourmet Traveller

- xícara medidora de 240ml

650g de cenouras (cerca de 5 médias), descascadas e em pedaços graúdos
90g de farelo de pão
5 damascos secos, bem picadinhos
2 cebolinhas, em rodelinhas finas
3 colheres (sopa) de amêndoas em lâminas
1 dente de alho amassado
½ xícara de folhas de salsinha, bem picadinhas – aperte-as na xícara na hora de medir
1 ovo
sal e pimenta do reino moída na hora
farelo de pão extra, para envolver os croquetes
2 colheres (sopa) de azeite de oliva, para fritar

Cozinhe a cenoura no vapor até que fique macia (20-25 minutos). Transfira para uma tigela grande e amasse até obter um purê homogêneo. Junte o farelo de pão, o damasco, a cebolinha, as amêndoas, o alho, a salsinha, as raspas de limão e o ovo. Tempere a gosto e misture até formar uma massa macia (acrescente mais farelo de pão se a massa estiver grudenta demais). Faça rolinhos com 1 ½ colheres (sopa) de massa e coloque em um prato ou bandeja forrada com papel manteiga. Leve à geladeira até firmar bem (1-2 horas).
Pré-aqueça o forno a 200°C. Aqueça o azeite em uma frigideira funda em fogo médio-alto. Passe os croquetes no farelo de pão extra e frite-os, aos poucos, no azeite até que dourem por fora. Transfira para uma assadeira e asse por 15-20 minutos ou até que estejam cozidinhos por dentro.
Sirva imediatamente com fatias de limão siciliano.

Rend.: cerca de 25 unidades

terça-feira, setembro 20, 2011

Arroz doce de coco com amêndoas tostadas + "Super 8"

English version

Coconut rice pudding with toasted almonds / Arroz doce de coco com amêndoas tostadas

Minha irmã me convenceu a assistir a “Super 8” com ela – sabem, eu sou da geração Goonies, por isso sempre tenho um pé atrás com filmes com/sobre um bando de crianças; nunca espero muito porque sinto lá no fundinho do coração que nenhum outro vai superar o meu favorito. Mas tenho de dizer que “Super 8” até que me impressionou: achei o filme adorável, com cenas muito bem dirigidas, e a Elle Fanning é alguém a ser observada no futuro.

O que “Super 8” tem a ver com esse arroz doce? Bem, na verdade, nada. É que a minha irmã gostou tanto dele quanto do filme. E eu também. :D

Arroz doce de coco com amêndoas tostadas
um nadinha adaptado da sempre maravilhosa Donna Hay Magazine

- xícara medidora de 240ml

1/3 xícara de amêndoas em lâminas
1 xícara (200g) arroz arbóreo
4 xícaras (960ml) de leite de coco
1/3 xícara (80ml) de leite integral
½ xícara + 1 colher (sopa) - 112g - de açúcar refinado

Toste as amêndoas em uma frigideira antiaderente seca, em fogo médio, até que dourem levemente e soltem sua fragrância. Transfira para um prato e deixe esfriar.
Prepare o arroz doce: misture o arroz, o leite de coco, o leite e o açúcar em uma panela média. Leve ao fogo alto, mexendo até dissolver o açúcar. Deixe ferver, abaixe o fogo, cubra e cozinhe, mexendo com freqüência, até que o arroz fique macio, cerca de 20 minutos.
Sirva o arroz doce morno salpicado com as amêndoas.

Rend.: 4 porções

domingo, setembro 18, 2011

Bolo de chocolate com calda de cacau

English version

Chocolate cake with cocoa glaze / Bolo de chocolate com calda de cacau

Uma olhadinha na lista de bolos que já publiquei no blog é suficiente pra perceber que bolos de chocolate não são muito populares por aqui (estamos falando de 5 anos de posts, gente); limão (surpresa!), maçã e banana são os donos da brincadeira. Mas a foto deste bolo no livro da Rose me deixou super curiosa: a calda escura e brilhante era tão linda. Quase sobrenatural. Eu tinha que prepará-la.

O bolo é ridiculamente macio e ah, tão gostoso – sem contar que me deu vontade de beber a calda todinha antes de derramá-la sobre o bolo; uma receita que vale a pena ser repetida muitas vezes – e isso vindo de uma louca por limão como eu deveria deixar vocês curiosos, também. :)

Bolo de chocolate com calda de cacau
um nadinha adaptado do Rose's Heavenly Cakes

- xícara medidora de 240ml

Bolo:
1 xícara de creme azedo (sour cream)*
¾ xícara (67g) de cacau em pó, do tipo alcalinizado, sem adição de açúcar**
3 ovos grandes
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
2/3 xícara (67g) farinha de amêndoa (amêndoas finamente moídas)
1 2/3 xícaras (233g) de farinha de trigo
1 ¼ xícara (250g) de açúcar demerara
1 ¼ colheres (chá) de fermento em pó
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
¾ colher (chá) de sal
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente

Calda de cacau:
¼ xícara (22g) de cacau em pó, do tipo alcalinizado, sem adição de açúcar
1/3 xícara (67g) de açúcar refinado
1/3 xícara (80ml) de água fervente
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte generosamente com manteiga uma forma canelada (tipo Bundt) com capacidade para 10 xícaras.
Em uma tigela média, misture com um garfo ou fuê o creme azedo, o cacau, os ovos e a baunilha – a mistura ficará com alguns gruminhos. Reserve.
Na tigela grande da batedeira, usando o batedor em formato de pá, misture a farinha de amêndoa, a farinha de trigo, o açúcar, o fermento em pó, o bicarbonato de sódio e o sal em velocidade baixa por cerca de 30 segundos. Junte a manteiga e a mistura de cacau e misture em velocidade baixa novamente somente até que os ingredientes estejam úmidos. Aumente para a velocidade média e bata por 1 ½ minutos. Raspe as laterais da tigela e bata por mais 30 segundos. Transfira a massa para a forma preparada e alise a superfície.
Asse por 50-60 minutos ou até que o bolo cresça (faça o teste do palito).
Prepare a calda de cacau antes que o bolo termine de assar: em uma panelinha, misture com um fuê o cacau e o açúcar. Junte uma pequena quantidade da água fervente à panela, misturando bem até umedecer os ingredientes. Adicione a água fervente restante, misture, e então leve a panela ao fogo baixo, mexendo, até que a calda comece a ferver. Retire do fogo e junte a baunilha. Deixe esfriar por 5 minutos antes de usar a calda no bolo.
Assim que o bolo sair do forno perfure-o com um palito de madeira. Despeje 1/3 da calda sobre o bolo e deixe que esfrie na forma, sobre uma gradinha, por 10-15 minutos. Com jeitinho, desenforme o bolo em um prato de servir e pincele-o todo com a calda de cacau restante. Deixe esfriar completamente antes de fatiar e servir.

* creme azedo (sour cream) caseiro: para preparar 1 xícara de creme azedo, misture 1 xícara (240ml) de creme de leite fresco com 2-3 colheres (chá) de suco de limão ou limão siciliano em uma tigela. Vá mexendo até que comece a engrossar. Cubra com filme plástico e deixe em temperatura ambiente por 1 hora ou até que engrosse um pouco mais (fiz o meu na noite anterior e deixei sobre a pia, tampadinho com filme plástico, ficou bem espesso, lindão)

** a Sam tem um post bem bacana sobre os tipos diferentes de cacau

Rend.: 12-14 porções

sexta-feira, setembro 16, 2011

Muffins linzer (de amêndoa recheados com geléia de framboesa) e um novo objetivo

English version

Linzer muffins / Muffins linzer

Sinto que alguns de vocês me lendo agora vão se identificar com a seguinte situação: toda vez que vou ao supermercado acabo comprando ingredientes dos quais não preciso realmente só porque posso vir a precisar deles para alguma receita específica. Dias, meses se passam antes que eu use tais ingredientes. E, que vergonha, há vezes em que alguns deles vão parar no lixo. Sei que é um péssimo hábito – e fiz isso vezes demais, confesso.

Decidi parar com esta estupidez e preparar as minhas receitas com os ingredientes que tenho em casa. Para alcançar este objetivo fiz um inventário de ingredientes – inspirada pela Martha – o que resultou nestes muffins deliciosos e macios.

Muffins linzer (de amêndoa recheados com geléia de framboesa)
um nadinha adaptados do maravilhoso Gourmet Today: More than 1000 All-New Recipes for the Contemporary Kitchen

- xícara medidora de 240ml

1 ½ xícaras (210g) de farinha de trigo
1 ½ xícaras (150g) de farinha de amêndoa (amêndoas finamente moídas)
¾ xícara (150g) de açúcar refinado
½ colher (chá) de raspas de casca de limão siciliano
2 colheres (chá) de fermento em pó
½ colher (chá) de sal
¼ colher (chá) de canela em pó
1 xícara (240ml) de leite integral, temperatura ambiente
6 colheres (sopa) - 84g - de manteiga sem sal, derretida e fria
1 ovo grande
1 colher (chá) de extrato de baunilha
cerca de 1/3 xícara de geléia de framboesa
açúcar de confeiteiro, para polvilhar

Pré-aqueça o forno a 200°C. Unte com manteiga uma forma de muffins de 12 cavidades com capacidade para ½ xícara (120ml) cada.
Numa tigela grande, misture a farinha de trigo, a farinha de amêndoas, o açúcar, as raspas de limão, o fermento em pó, o sal e a canela. Em uma tigela média, misture bem com um garfo o leite, a manteiga, o ovo e o extrato de baunilha. Despeje sobre os ingredientes secos e misture somente até combiná-los – não misture demais; massa de muffin não é lisa como massa de bolo e se você misturar demais os seus muffins ficarão duros.
Despeje ¼ xícara rasa de massa em cada cavidade da forma de muffin. Coloque 1 colher (chá) cheia de geléia no meio da massa. Cubra com o restante da massa. Asse até que os muffins cresçam e dourem, aproximadamente 20 minutos (faça o teste do palito). Deixe os muffins esfriarem na forma por 5-10 minutos e então, com jeitinho, desenforme-os e transfira para uma gradinha. Polvilhe com açúcar de confeiteiro antes de servir.

Rend.: 12 unidades – fiz metade da receita acima, usei forminhas com capacidade para 1/3 xícara (80ml) e consegui 8 muffins

quarta-feira, setembro 14, 2011

Galette de banana, caramelo e passas

English version

Banana, caramel and raisin galette / Galette de banana, caramelo e passas

Alguns dias depois de assistir a “Quatro Casamentos e Um Funeral” comprei o "End of Part One: Their Greatest Hits", do Wet Wet Wet, apenas por causa de uma canção: “Love is All Around” (era uma versão do CD lançada depois do filme, com a canção tema inclusa). Nunca tinha ouvido falar da banda e não só achei a capa do CD bem bacana – não se esqueçam, eu era uma adolescente – como também acabei adorando praticamente todas as faixas.

Depois de preparar estes cookies – peguei a receita no antigo blog da Nic – comprei este livro; isso foi há séculos e ele ficou na minha estante desde então. Pretendo usá-lo com mais freqüência, nem que seja somente para inspiração, pois esta galette ficou muito gostosa. Pode ser que eu acabe gostando de muitas outras receitas, não? ;)

Banana, caramel and raisin galette / Galette de banana, caramelo e passas

Galette de banana, caramelo e passas
adaptada do The All-New Complete Cooking Light Cookboook e do Modern Classics Book 2

- xícara medidora de 240ml

Massa:
1 xícara (140g) de farinha de trigo
1 ½ colheres (sopa) de açúcar refinado
1 pitada de sal
1/3 xícara (75g) de manteiga sem sal, gelada e picada
1 – 1½ colheres (sopa) de água gelada
creme de leite fresco, para pincelar

Recheio:
2 colheres (sopa) de passas claras
1 colher (sopa) de rum
3 bananas média, em fatias de 5-6mm
½ xícara (100g) de açúcar refinado
2 colheres (sopa) de água
4 colheres (sopa) de creme de leite fresco

Comece preparando a massa: processe a farinha, o açúcar, o sal e a manteiga em um processador de alimentos até que a mistura pareça uma farofa grossa. Com o processador ligado, acrescente a água gelada, aos poucos, até que a uma massa comece a se formar. Retire do processador, junte-a com as mãos e forme um disco. Embrulhe em plástico e leve à geladeira por 1 hora.
Comece o recheio: junte as passas e o rum em uma tigelinha e reserve por 30 minutos.
Pré-aqueça o forno a 180°C. Forre uma assadeira grande, de beiradas baixas, com papel alumínio.
Coloque a massa entre dois pedaços de papel manteiga levemente enfarinhados e abra-a com um rolo até obter um círculo de 25cm de diâmetro. Com jeitinho, transfira a massa para a assadeira forrada com papel alumínio. Arrume as fatias de banana no centro da massa, deixando uma beirada de 4cm. Com cuidado, dobre as extremidades da massa sobre o recheio. Pincele as beiradas com o creme de leite.
Asse por 30-35 minutos ou até que a massa esteja dourada – as fatias de banana podem escurecer um pouco, mas não se preocupe pois você vai cobri-las com o caramelo.
No final do tempo de forno, prepare o caramelo: coloque o açúcar e a água em uma panelinha eleve ao fogo médio, sem mexer – apenas girando a panela ocasionalmente – até obter um caramelo bem dourado. Retire do fogo e junte o creme de leite – cuidado pois a mistura vai borbulhar e espirrar. Misture bem e então derrame metade do caramelo em uma jarrinha (mantenha a caldinha aquecida). Junte a mistura de passas e rum ao caramelo restante na panela e misture bem.
Assim que a torta sair do forno, regue as bananas com a mistura de caramelo com passas (se for necessário, reaqueça-o antes de despejá-lo sobre a torta)
Sirva a torta morna com o caramelo restante e sorvete de baunilha.

Rend.: 2 porções

segunda-feira, setembro 12, 2011

Brownies com cobertura de cocadinha + "Cowboys & Aliens"

English version

Lacy coconut topped brownies / Brownies com cobertura de cocadinha

Eu e minha irmã fomos ver “Cowboys & Aliens” sábado passado; eu achei o filme divertido – não é nenhuma obra-prima e não vai entrar para a minha lista, mas como alguém disse no Twitter o filme junta Han Solo/Indiana Jones e 007 – e isso, pra mim, é definitivamente um bônus. :)

Minha irmã, por outro lado, não gostou do filme; felizmente, houve algo que ela amou: estes brownies. :)

Brownies com cobertura de cocadinha
um nadinha adaptados da bíblia de biscoitos da Alice Medrich

- xícara medidora de 240ml

Cobertura de coco:
2 claras grandes
1 xícara (100g) de coco em flocos adoçados
¼ xícara (50g) de açúcar refinado
1 colher (chá) de baunilha
1 pitada generosa de sal

Brownie:
½ xícara (113g) de manteiga sem sal
112g de chocolate 99% de cacau picado – comprado aqui (na loja física)
1 xícara + 2 colheres (sopa) - 224g - de açúcar refinado
1 colher (chá) de extrato de baunilha
¼ colher (chá) de sal
2 ovos grandes, gelados
½ xícara (70g) de farinha de trigo

Comece preparando a cobertura de cocada: combine todos os ingredientes em uma tigela refratária média. Leve ao banho-maria, mexendo sempre com uma espátula de silicone e raspando o fundo e as laterais da tigela para evitar que a mistura queime. Cozinhe até que a mistura esteja bem quente e as claras engrossem ligeiramente, passando do tom translúcido para o opaco, 3-5 minutos. Desligue o fogo, remova a tigela do banho-maria (deixe a água na panela) e deixe a mistura em temperatura ambiente por 30 minutos ou até que o coco absorva mais as claras.
Agora, prepare a massa do brownie: pré-aqueça o forno a 180°C. Unte levemente com manteiga uma forma quadrada de 20cm e forre-a com papel alumínio, deixando sobras em dois lados opostos, formando “alças”; unte o papel com manteiga.
Coloque a manteiga e o chocolate em uma tigela refratária grande e leve ao banho-maria, mexendo ocasionalmente até que ambos derretam.
Retire a tigela do fogo. Usando uma espátula de silicone, misture o açúcar, a baunilha e o sal. Junte os ovos e mexa bem. Acrescente a farinha e bata vigorosamente com a espátula até que a massa fique homogênea e brilhante e comece a se soltar das laterais da tigela. Transfira a massa para a forma preparada e alise a superfície.
Com as pontas dos dedos, espalhe a mistura de coco sobre a massa de chocolate. Asse por cerca de 25 minutos ou até que o brownie estufe nas laterais e o coco esteja bem dourado. Deixe esfriar completamente na forma sobre uma gradinha. Com jeitinho, remova da forma com o auxílio das alças de papel alumínio e corte em quadradinhos

Rend.: 16 brownies

sexta-feira, setembro 09, 2011

Barrinhas rocky road de chocolate branco, morangos e cranberries secas

English version

White chocolate, cranberry and strawberry rocky road / Barrinhas rocky road de chocolate branco, morangos e cranberries secas


Há tempos queria preparar estas barrinhas rocky road: quando vi tantos ingredientes gostosos juntos soube que o docinho ficaria bom. E realmente ficou (sem contar o quão fácil é a receita).
Tenho a mesma sensação sobre “Carnage”: tanta gente boa junta e dirigida por Polanski. Só pode dar algo ótimo. Pena que terei de esperar alguns meses para descobrir. ;)

White chocolate, cranberry and strawberry rocky road / Barrinhas rocky road de chocolate branco, morangos e cranberries secas

Barrinhas rocky road de chocolate branco, morangos e cranberries secas
um nadinha adaptado da sempre maravilhosa Donna Hay Magazine

800g de chocolate branco picadinho ou em gotas
2½ xícaras de marshmallow grandes, cortados em quatro partes (meça depois de cortá-los)
½ xícara de maçãs secas picadas
1 ¾ xícaras (192g) de cranberries secas
1 xícara de morangos secos, do tipo freeze-dried, fatiados no sentido do comprimento

Unte bem levemente com manteiga uma forma de 20x30cm e forre-a com papel alumínio (a manteiga vai servir simplesmente para manter o papel alumínio no lugar, para que ele não fique “dançando” na forma).
Coloque o chocolate em uma tigela refratária e leve ao banho-maria – sem deixar que a base da tigela toque a água – mexendo ocasionalmente até o chocolate derreter completamente. Retire do fogo, junte o marshmallow, as maçãs secas e as cranberries – reserve algumas cranberries para decoração – e misture bem. Despeje a mistura na forma preparada e alise a superfície. Salpique os morangos e as cranberries reservadas sobre a mistura. Reserve até firmar, 2-3 horas (na receita a mistura é levada à geladeira, mas eu preferi não fazer isso).
Corte em barrinhas ou quadradinhos, remova o papel alumínio e sirva.

Rend.: 25 unidades – cortei as barrinhas um tantinho menores e consegui 32

terça-feira, setembro 06, 2011

Bolo-cuca com geléia de amora

English version

Blackberry jam crumb cake / Bolo cuca com geléia de amora

Receitas com quantidades enormes de ingredientes geralmente não me assustam – afinal de contas, já fiz esse bolo – mas confesso que quase desisti de preparar o bolo da foto. Quase. Lendo a receita com a calculadora nas mãos soltei um grito ao perceber que usaria quase 400g de manteiga, 500g de açúcar e – meu deus! – mais de 700g de farinha de trigo em um único bolo; uma receita que praticamente esvaziaria a minha despensa. :)

Entretanto, pensei no bolo enorme que a receita renderia e que eu o cortaria em vários quadradinhos para alimentar o pessoal do trabalho – 12 pessoas – por isso decidi que 60g de farinha + um tiquinho de manteiga e açúcar não matariam ninguém. Até agora ninguém se queixou – e eu achei este um dos bolos mais gostosos que já fiz. ;)

Bolo-cuca com geléia de amora
um nadinha adaptado do The Weekend Baker, inspirado no bolo da Valentina

- xícara medidora de 240ml

Cobertura:
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, picada
½ xícara (100g) de açúcar granulado
¾ xícara (132g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
1 ½ colheres (chá) de canela em pó
¼ colher (chá) de noz-moscada moída na hora
1 pitada de sal
2 ½ xícaras menos 1 colher (sopa) - 340g - de farinha de trigo

Bolo:
2 ¾ xícaras (385g) de farinha de trigo
1 ¼ xícaras + 2 ½ colheres (sopa) - 280g - de açúcar refinado
1 ½ colheres (chá) de fermento em pó
½ colher (chá) de sal
2 ovos grandes
1 xícara (240ml) de buttermilk*
¾ xícara (170g) de manteiga sem sal, derretida e já quase fria
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
1 xícara de geléia de amora – ou use o seu sabor de geléia preferido

Comece preparando a cobertura: em uma panela grande, derreta a manteiga em fogo médio. Retire do fogo e junte o açúcar granulado, o mascavo, a canela, a noz-moscada e o sal. Misture bem, desmanchando quaisquer grumos de açúcar que possam se formar. Junte a farinha e misture até obter uma mistura pastosa. Coloque na geladeira enquanto prepara a massa do bolo.
Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma retangular de metal de 32x22cm*.
Prepare a massa: em uma tigela grande, misture bem a farinha, o açúcar refinado, o fermento em pó e o sal. Em uma tigela média, misture os ovos, o leite, a manteiga e a baunilha com um garfo ou fuê até combiná-los bem. Despeje esta mistura sobre os ingredientes secos e misture delicadamente com uma espátula de silicone até incorporar tudo – não misture demais. Despeje a massa na forma preparada e alise a superfície. Com cuidado, espalhe a geléia sobre a massa de maneira homogênea. Retire a cobertura da geladeira e espalhe sobre a geléia, quebrando os pedaços de cobertura conforme for espalhando, formando uma camada bem generosa.
Asse até que o bolo volte ao lugar quando levemente pressionado com a ponta do dedo e um palito sair seco quando inserido no centro do bolo, 40-50 minutos. Retire do forno e deixe esfriar completamente na forma, sobre uma gradinha. Corte em quadradinhos e sirva.

* para fazer buttermilk em casa: coloque 1 colher (sopa) de suco de limão em uma xícara medidora de 240ml, complete com leite integral e aguarde 10 minutos para sorar; use todo o conteúdo da xícara na usa receita

** fiz exatamente a receita acima usando uma forma de 20x30cm

Rend.: 15-18 porções

domingo, setembro 04, 2011

Bolo-cookie com gotas de chocolate + clássicos, destruídos ou melhorados

English version

Chocolate chip cookie cake / Bolo-cookie com gotas de chocolate

Uma das canções que mais amo é “Bizarre Love Triangle”, do New Order; minha reação ao ouvir a versão do Frente! para a música foi algo do tipo “Parem! Parem! Vocês estão arruinando um clássico!” – às vezes sou meio conservadora (por mais que deteste admitir isso). Se você vai dar uma cara nova a um clássico faça isso direito, ok? Peça conselhos ao Fine Young Cannibals ou algo assim. :)

Ao contrário do Frente!, a Flo Braker deu uma dimensão nova – e fantástica – a um clássico: cookies com gotas de chocolate em forma de bolo. Delicioso, fácil e rápido de preparar e rende bastante: ótimo para ser compartilhado.

Chocolate chip cookie cake / Bolo-cookie com gotas de chocolate

Bolo-cookie com gotas de chocolate
do lindo e delicioso Baking for All Occasions

- xícara medidora de 240ml

2 xícaras + 2 colheres (sopa) - 300g - de farinha de trigo
2/3 xícara (133g) de açúcar granulado
¾ xícara (131g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
1 colher (chá) de sal
¾ colher (chá) de canela em pó
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, amolecida
1 ovo grande
1 colher (chá) de extrato de baunilha
2 xícaras (340g) de gotas de chocolate meio-amargo
1 xícara (115g) de pecãs, picadas

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte levemente com manteiga uma forma de 32x22cm*, forre com papel alumínio, deixando sobrar em dois lados opostos, formando “alças”; unte o papel alumínio também.
Na tigela grande da batedeira, misture a farinha, os açúcares, o sal, a canela e o bicarbonato de sódio e, usando o batedor em formato de pá, misture em velocidade baixa até combiná-los bem. Junte a manteiga e continue a misturar em velocidade baixa, somente até que gruminhos pequenos e úmidos se formem, cerca de 1 minuto – a mistura vai parecer cobertura streusel, aquela farofinha que vai sobre alguns bolos e cucas. Junte o ovo e a baunilha e bata em velocidade baixa somente até a mistura se tornar uma massa coesa. Aumente para a velocidade média enquanto adiciona as gotas de chocolate e as pecãs, 22-30 segundos.
Espalhe colheradas de massa na forma preparada e espalhe com uma espátula de silicone. Cubra toda a massa com um pedaço de filme plástico e alise com as mãos, distribuindo a massa por todos os cantinhos da forma.
Asse até que o bolo doure e pareça mais sólido do que macio quando pressionado no centro, 37-40 minutos – não asse demais, pois o bolo vai firmar enquanto esfria.
Deixe esfriar completamente na forma, sobre uma gradinha.
Com jeitinho, usando as alças de papel alumínio como auxílio, solte o bolo das laterais da fora. Inverta-o sobre a gradinha e remova todo o papel alumínio. Inverta-o novamente sobre uma tábua e corte em quadradinhos ou barrinhas para servir.

* fiz exatamente a receita acima usando uma forma de 20x30cm

Rend.: 18 a 42 unidades, dependendo do tamanho – consegui 32 palitinhos

quinta-feira, setembro 01, 2011

Sorvete de abacate e coisas que a minha mãe adoraria

English version

Avocado ice cream / Sorvete de abacate

Enquanto certas coisas instantaneamente me lembram minha mãe outras me fazem pensar nela porque tenho certeza de que ela as adoraria se estivesse aqui. Os programas de culinária que vejo com freqüência, por exemplo: sei que Bill Granger e Nigella seriam seus favoritos (o Gordon, não – minha mãe odiava palavrões); pratos como esses, por causa de seu profundo amor por tomates; e este sorvete de abacate, por todas as tardes em que dividimos uma tigela de abacate salpicado com açúcar e limão depois que eu terminava a lição de casa.

Sorvete de abacate
um nadinha adaptado do The Perfect Scoop, inspirado no sorvete da Ana

- xícara medidora de 240ml

500g de abacates maduros
½ xícara + 1 colher (sopa) - 112g - de açúcar refinado
¾ xícara (180ml) de creme azedo (sour cream)*
1/3 xícara (80ml) de creme de leite fresco
¼ xícara (60ml) de leite integral
1 colher (sopa) de suco de limão tahiti
1 pitada generosa de sal

Corte os abacates ao meio e retire o caroço. Remova gentilmente a polpa com uma colher e pique em pedacinhos. Transfira para um liquidificador ou processador de alimentos e junte o açúcar, o creme azedo, o creme de leite fresco, o leite, o suco de limão e o sal. Bata bem até conseguir um creme homogêneo. Prove e ajuste o açúcar e/ou o suco de limão se for necessário.

* creme azedo (sour cream) caseiro: para preparar 1 xícara de creme azedo, misture 1 xícara (240ml) de creme de leite fresco com 2-3 colheres (chá) de suco de limão ou limão siciliano em uma tigela. Vá mexendo até que comece a engrossar. Cubra com filme plástico e deixe em temperatura ambiente por 1 hora ou até que engrosse um pouco mais

Rend.: 750ml

Related Posts with Thumbnails