quarta-feira, março 30, 2011

Brownies clássicos da Alice Medrich

English version

Classic unsweetened chocolate brownies / Brownies clássicos da Alice Medrich

Minha irmã tem um montão de amigos e isso me deixa muito feliz – eu jamais desejaria a ela a adolescência solitária que tive; algumas das amigas sabem que eu tenho um blog de comida e uma ou outra me lêem vez em quando.

Um tempinho atrás dei carona para a Jessica e uma das amigas dela para algum lugar (não me lembro agora) – a menina entrou no carro, minha irmã nos apresentou e ela disse, na lata: “eu adoraria comer um brownie agora”. :D

Quando elas voltaram das férias escolares, fiz estes brownies e disse pra minha irmã levar alguns especialmente para a Nicole – adoro gente direta que não faz rodeios. :D

Brownies clássicos da Alice Medrich
da maravilhosa bíblia do chocolate Bittersweet: Recipes and Tales from a Life in Chocolate

- xícara medidora de 240ml

112g de chocolate 99% cacau (unsweetened chocolate)*
½ xícara (113g) de manteiga sem sal
1 ¼ xícaras (250g) de açúcar refinado
1 colher (chá) de extrato de baunilha
¼ colher (chá) de sal
2 ovos gelados
½ xícara (70g) de farinha de trigo

Pré-aqueça o forno a 200°C. Unte levemente com manteiga uma forma quadrada de 20cm, forre com papel alumínio deixando sobras em dois lados opostos, formando “alças”; unte o papel.
Coloque o chocolate e a manteiga em uma tigela refratária e leve ao banho-maria, mexendo freqüentemente até derreter o chocolate. Retire a tigela do fogo e junte o açúcar, a baunilha e o sal. Acrescente os ovos, um a um, mexendo bem a cada adição. Junte a farinha e bata com uma espátula de silicone até a massa ficar brilhante e homogênea, 1-2 minutos. Transfira para a forma preparada e alise a superfície.
Asse por cerca de 20 minutos ou até que a superfície do brownie pareça seca mas um palito enfiado no centro ainda saia molhadinho de massa.
Encha uma assadeira grande, de beiradas altas, com cubos de gelo e dois dedos de água. Assim que retirar os brownies do forno mergulhe a forma na água gelada – cuidado para não espirrar água nos brownies.
Deixe esfriar completamente, remova da forma com o auxílio das alças de papel alumínio e corte em quadradinhos.

*é possível encontrar esse tipo de chocolate aqui; caso não encontre, substitua por chocolate com 70% de cacau da seguinte maneira: 180g de chocolate, 7 colheres (sopa) - 98g - de manteiga sem sal e 1 xícara (200g) de açúcar refinado; não mergulhe a assadeira na água gelada

Rend.: 16 unidades

segunda-feira, março 28, 2011

Muffins de ruibarbo e chocolate branco + um site bem útil

English version

Rhubarb white chocolate muffins / Muffins de ruibarbo e chocolate branco

Alguns talinhos de ruibarbo sobraram depois de preparar a compota e eu precisava de uma boa receita para usá-los – se fosse algo rápido, melhor ainda, pois eu tinha planos de ver um filminho com a minha irmã. Vi uma receita de muffins de ruibarbo e framboesa que pareciam deliciosos no "Flour" e a adaptei para chegar aos muffins que vocês vêem na foto – eles ficaram, realmente, deliciosos e super macios. :)

Encontrei a receita com ruibarbo num instante usando o “Eat Your Books”; comecei a usar a ferramenta há pouco mais de um mês e com isso a minha resolução de Ano Novo – de usar mais os meus livros de receita – se tornou bem mais fácil; não ganhei um centavo para lhes contar sobre o site – apenas imaginei que alguns de vocês poderiam achá-lo tão útil quanto eu. :)

Muffins de ruibarbo e chocolate branco
adaptados do Flour: Spectacular Recipes from Boston's Flour Bakery + Cafe

- xícara medidora de 240ml

1 ½ xícaras + 1 ½ colheres (sopa) - 225g - de farinha de trigo
¼ colher (chá) de bicarbonato de sódio
2 colheres (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
1 ovo
1 gema
2/3 xícara (133g) de açúcar refinado
¼ xícara + 1 colher (sopa) - 70g - de manteiga sem sal, derretida
½ xícara (120ml) de leite integral, temperatura ambiente
½ xícara (130g) de iogurte natural integral, temperatura ambiente
1 colher (chá) de extrato de baunilha
125g de ruibarbo, picado - comprei aqui
½ xícara (93g) de gotinhas de chocolate branco

Pré-aqueça o forno a 180°C; forre uma forma de muffins com 12 cavidades – capacidade de 1/3 xícara (80ml) cada – com forminhas de papel*.

Numa tigela grande, peneire a farinha, o bicarbonato, o fermento e o sal juntos. Numa tigela média, bata o ovo e a gema com um garfo. Acrescente o açúcar, a manteiga, o leite, o iogurte e a baunilha e misture bem até homogeneizar. Despeje sobre os ingredientes peneirados e misture levemente com um garfo. Junte o ruibarbo e o chocolate e misture novamente com o garfo – não mexa demais a massa ou os seus muffins ficarão duros. Divida a massa entre as forminhas preparadas e asse por 15-18 minutos ou até que cresçam e dourem – faça o teste do palito.
Deixe esfriar na forma, sobre uma gradinha, por 5 minutos e então desenforme com cuidado. Transfira para a gradinha e deixe esfriar completamente.

* não usei forminhas de papel e foi difícil desenformar os muffins – algumas gotinhas de chocolate grudaram na forma

Rend.: 12 unidades

sábado, março 26, 2011

Soba com gergelim - comidinha super rápida

English version

Soba noodles with sesame seeds / Soba com gergelim

Esta receita é tão fácil e fica tão boa que tinha de compartilhá-la com vocês: é perfeita para aquelas noites em que a gente só quer um banho, uma jantinha rápida, o sofá e o Detetive Stabler, quero dizer, o Law&Order SVU na TV. :)

Soba com gergelim
do Nigella Fresh

75g de gergelim
sal
250g de soba (macarrão oriental de trigo sarraceno)
2 colheres (chá) de mirin (vinagre de arroz)
5 colheres (chá) de shoyu
2 colheres (chá) de mel
2 colheres (chá) de óleo de gergelim
5 cebolinhas, em fatias finas

Em uma frigideira seca, em fogo alto, toste o gergelim até que os grãozinhos fiquem dourados. Transfira-os para uma tigela.
Ferva uma panela grande de água e adicione sal. Cozinhe o macarrão por cerca de 6 minutos (ou siga as instruções da embalagem), até que esteja macio, mas não mole demais. Escorra e passe por água fria para evitar que o macarrão continue cozinhando.
Na tigela em que você servirá o macarrão: misture o mirin, o shoyu, o mel e o óleo de gergelim. Acrescente a cebolinha e o macarrão, misturando bem. Junte o gergelim, misture novamente e sirva.

Rend.: 2 porções

quinta-feira, março 24, 2011

Frozen yogurt de limão siciliano e gengibre e o começo do outono

English version

Lemon ginger frozen yogurt / Frozen yogurt de limão siciliano e gengibre

O outono chegou e os dias aqui em São Paulo andam cinzentos – o sol aparece por alguns momentos, mas nuvens gorduchas e pesadas parecem bem mais fortes e tomam contam do céu.

Não estou me queixando – amo dias frios – mas este frozen yogurt certamente lembra os últimos dias de verão: refrescante, azedinho, delicioso.

Frozen yogurt de limão siciliano e gengibre
um nadinha adaptado do fantástico Bon Appetit Desserts

- xícara medidora de 240ml

¾ xícara (180ml) de água
¾ xícara (150g) de açúcar refinado
¼ xícara de glucose de milho (usei Karo)
2 colheres (chá) de gengibre fresco, descascado e finamente ralado
1 xícara (260g) de iogurte natural integral
1 xícara (240ml) de buttermilk*
¼ xícara (60ml) de suco de limão siciliano
2 colheres (chá) de raspas de casca de limão siciliano

Coloque a água, o açúcar, a glucose de milho e o gengibre em uma panela pequena, de fundo grosso, e leve ao fogo, mexendo para dissolver o açúcar, até começar a ferver. Retire do fogo e coe para uma tigela média. Leve à geladeira até gelar bem.
Acrescente o iogurte, o buttermilk, o suco e as raspas de limão à calda de gengibre e misture bem. Processe na sorveteira seguindo as instruções do fabricante. Sirva em seguida ou congele em pote hermético por até 3 semanas.

* para fazer buttermilk em casa: coloque 1 colher (sopa) de suco de limão numa xícara medidora de 240ml, complete com leite integral e aguarde 10 minutos para sorar; use todo o conteúdo da xícara na usa receita

Rend.: 6 porções

terça-feira, março 22, 2011

Bolo de manteiga de amendoim com cobertura de coco

English version

Peanut butter pound cake with coconut topping / Bolo de manteiga de amendoim com cobertura de coco

Como a adorável Nina, eu sou, também, viciada em pound cakes: eles são simples de preparar, ficam uma delícia – e continuam assim por alguns bons dias – e depois disso podem virar ótimas torradas.

Este bolo é fantástico e a cobertura é igualmente boa – eu “esqueci” um pouco de cobertura no fundo da panela depois de cobrir o bolo e tive de comê-la às colheradas. :)

Bolo de manteiga de amendoim com cobertura de coco
um nadinha adaptado do fantástico Baking for All Occasions

- xícara medidora de 240ml

Bolo:
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
1 ½ xícaras (300g) de açúcar granulado
140g de manteiga de amendoim do tipo “creamy”*
5 ovos grandes, ligeiramente batidos com um garfo
1 ¾ xícaras + 1 colheres (sopa) - 255g - de farinha de trigo comum

Cobertura:
2 colheres (sopa) de manteiga sem sal
1/3 xícara (58g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
3 colheres (sopa) de creme de leite fresco
½ xícara (50g) de coco em flocos adoçados, e uma pitadinha extra para decorar

Comece pelo bolo: pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga e enfarinhe uma forma de bolo inglês de 22,5x12,5x7,5cm.
Na tigela grande da batedeira, com o batedor em formato de pá se possível, bata a manteiga até homogeneizar, 45 segundos. Em velocidade média, acrescente o açúcar e bata até obter um creme claro e fofo. Raspe as laterais da tigela algumas vezes. Junte a manteiga de amendoim e bata novamente até o creme ficar bem fofo, 2-3 minutos. Ainda em velocidade média, adicione os ovos gradualmente, batendo bem a cada adição.
Agora, em velocidade baixa, acrescente a farinha em duas adições, misturando bem até combinar. Despeje a massa na forma preparada. Coloque a forma de bolo inglês dentro de uma assadeira de beiradas baixas e asse por cerca de 1 hora ou até que cresça e doure (faça o teste do palito). Deixe o bolo esfriar na forma sobre uma gradinha por 10 minutos; em seguida, desenforme com cuidado e coloque-o na gradinha e deixe esfriar completamente.
Prepare a cobertura: numa panela pequena, de fundo grosso, derreta e manteiga e o açúcar em fogo baixo. Junte o creme de leite e o coco e misture bem. Retire do fogo e despeje sobre o bolo. Salpique com o coco extra.

* vale a pena investir um pouquinho mais de $$ e comprar manteiga de amendoim americana – faz muita diferença

Rend.: 12 porções – fiz ¾ da receita de bolo acima e usei uma forma de 20x9cm; entretanto, fiz a receita da cobertura inteira

domingo, março 20, 2011

Mini pavlovas de ruibarbo

English version

Mini rhubarb pavlovas / Mini pavlovas de ruibarbo

Uma vez lhes contei o quanto adoro “True Blood” – viciei tanto no seriado que depois de assistir às três temporadas comecei a ler os livrinhos da Charlaine Harris – de maneira bem incessante, pra dizer a verdade. :)

Algo parecido aconteceu quando assisti a alguns vídeos da Sophie Dahl no You Tube: o jeito delicado e suave dela, sua linda cozinha e a comida deliciosa me conquistaram – imediatamente comprei seu livro.

Na receita original o ruibarbo é cozido por apenas 5 minutos, mas para mim ficou com um gosto de cru, meio adstringente, até; aumentei um tantinho a quantidade de água e açúcar e cozinhei por mais tempo – o resultado foi uma compota com textura de geléia, super gostosa.

Mini pavlovas de ruibarbo
um pouquinho adaptadas do Miss Dahl's Voluptuous Delights

- xícara medidora de 240ml

Suspiros:
3 claras grandes
¾ xícara + 1 ½ colheres (sopa) - 168g - de açúcar refinado
1 pitada de sal

Compota de ruibarbo:
225g de ruibarbo, em rodelinhas - comprei aqui
1/3 xícara (80ml) de água
3 colheres (sopa) de açúcar refinado – ou mais, a gosto
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Para a montagem da sobremesa:
½ xícara (120ml) de creme de leite fresco, gelado
½ fava de baunilha, aberta no sentido do comprimento, sementinhas raspadas com as costas da faca
1 colher (sopa) de açúcar de confeiteiro
2-3 colheres (sopa) de amêndoas em lascas, levemente tostadas

Comece preparando os suspiros: pré-aqueça o forno a 140°C. Forre uma assadeira grande, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Na tigela grande da batedeira, bem limpa e seca – sem traços de gordura ou água – bata as claras em velocidade médio-alta até obter picos suaves. Acrescente gradualmente o açúcar, e continue batendo até a mistura se tornar espessa e brilhante - esfregue um pouquinho da mistura entre as pontas dos dedos; ela estará pronta ao não se sentir mais os grânulos de açúcar.
Faça 6 montinhos da mistura na assadeira preparada, deixando-os 5cm distantes um do outro. Asse por cerca de 1 hora, ou até que estejam firmes e sequinhos. Deixe-os esfriando dentro do forno, com a porta entreaberta (coloque uma colher de pau segurando a porta do forno).
Agora, a compota: junte o ruibarbo, a água e o açúcar em uma panelinha pequena, de fundo grosso, e leve ao fogo médio, mexendo ocasionalmente, até que a mistura se torne pastosa, com aparência de geléia, 10-15 minutos. Junte a baunilha, retire do fogo e deixe esfriar completamente.

Bata o creme de leite, as sementinhas de baunilha e o açúcar até obter picos suaves. Monte a sobremesa: arrume os suspiros em pratos de sobremesa, cubra com uma colher generosa de chantilly e finalize com uma porção também generosa de compota de ruibarbo. Salpique com as amêndoas e sirva imediatamente.

Rend.: 6 porções

sexta-feira, março 18, 2011

Financiers de limão siciliano

English version

Lemon financiers / Financiers de limão siciliano

Há bastante tempo me dei conta de uma coisa: eu cozinho quando estou feliz e cozinho quando estou triste.

Se algo me perturba, ou se alguém me decepciona, vou pra cozinha – ou sinto uma vontade imensa de fazê-lo. Se estou contente com alguma coisa, ou se alguém de quem gosto merece um agradinho, cozinho, também. :)

Estes financiers foram preparados num dia bem feliz: eu iria encontrar quatro mulheres lindas, queridas e fantásticas, e que tenho orgulho de chamar de amigas. Por isso, fiz um docinho – e tinha de ser de limão, é claro. ;)

Financiers de limão siciliano
adaptados do Little Cafe Cakes

- xícara medidora de 240ml

175g de manteiga sem sal, derretida e fria
1 xícara (100g) de farinha de amêndoas (amêndoas moídas)
6 claras, levemente batidas com um garfo
raspas da casca de 2 limões sicilianos
2 colheres (sopa) de suco de limão siciliano
1 ½ xícaras (210g) de açúcar de confeiteiro, peneirado
½ xícara (70g) de farinha de trigo, peneirada

Pré-aqueça o forno a 190°C; unte generosamente com manteiga 12 forminhas de muffin com capacidade para 1/3 xícara (80ml) cada.
Coloque a manteiga, a farinha de amêndoas, as claras, as raspas e o suco de limão, o açúcar de confeiteiro e a farinha numa tigela grande e misture apenas até incorporar.
Transfira a massa para as forminhas preparadas, enchendo-as até um pouquinho mais da metade. Asse por 25 minutos ou até que os financiers cresçam e dourem – faça o teste do palito.
Deixe nas forminhas por 5 minutos e então desenforme sobre uma gradinha para que esfriem completamente.

Rend.: 12 unidades

quarta-feira, março 16, 2011

Pão de canela com gotas de chocolate

English version

Cinnamon choc chip swirl bread / Pão de canela com gotas de chocolate

Depois de cookies e bolos, a Susan e eu decidimos brincar um pouquinho com fermento biológico – nós duas queríamos usar o livro lindo do John Barricelli e o pão de canela chamou a nossa atenção.

O pão é macio e delicioso; não é difícil trabalhar com a massa – não é grudenta! – mas a minha idéia de usar gotas de chocolate em vez de passas não foi muito genial, não: usei chocolate amargo (70% cacau) e no final o sabor ficou um tantinho amargo demais para o pão. :(

Por isso ignorem a minha versão e façam o pão com passas, ou as omita como a Susan fez – o dela está lindão!

Pão de canela com gotas de chocolate
um nadinha adaptado do The SoNo Baking Company Cookbook

- xícara medidora de 240ml

Massa:
¾ xícara (180ml) de leite integral morno
1 ¾ colheres (chá) de fermento biológico seco
3 ¼ xícaras (455g) de farinha de trigo comum
½ xícara + 1 ½ colheres (sopa) - 85g - de farinha integral
3 colheres (sopa) de açúcar refinado
¼ colher (chá) de sal
6 ½ colheres (sopa) (91g) de manteiga sem sal, fria e picada
½ xícara + 2 colheres (sopa) de água
2/3 xícara de gotas de chocolate (ou passas, como a receita original)

Recheio:
2/3 xícara (133g) de açúcar refinado
1 colher (sopa) de canela em pó
1 ovo grande, batido com um garfo, para pincelar a massa
1 colher (sopa) de manteiga sem sal, derretida

Comece preparando a massa: numa tigelinha, misture o leite morno e o fermento com um garfo e reserve até que espume, cerca de 5 minutos.
Na tigela grande da batedeira, de preferência usando o batedor em formato de pá, bata a farinha de trigo, a farinha integral, o açúcar, o sal e a manteiga em velocidade baixa até que a manteiga dissolva nos ingredientes secos. Acrescente a mistura de fermento e a água e bata novamente em velocidade baixa até misturar bem os ingredientes – a massa vai estar levemente grudenta, mas não pegajosa demais; se estiver muito seca adicione 1 colher (sopa) de água por vez, até obter o ponto desejado.
Transfira a massa para uma superfície, sem enfarinhar, e sove até que a massa forme uma bola e se torne menos grudenta. Sove por 7-9 minutos ou até obter uma massa homogênea e macia. Forme um círculo de pouco menos de 25cm com a massa, espalhe as gotas de chocolate (ou as passas) sobre ela e sove levemente para incorporar. Forme uma bola com a massa e coloque-a numa tigela grande levemente untada com óleo, virando a massa para que os dois lados fiquem untados com óleo. Cubra com filme plástico e coloque num lugar quentinho (no mínimo 21°C) até que a massa cresça em volume (1 ½ vezes seu volume inicial) e fique bem macia, de 1 a 1 hora e meia.
Com o auxílio de uma espátula plástica para massas, retire o ar da massa de maneira a virar a parte de baixo para cima, e a de cima para baixo. Vire a massa na tigela de modo que o lado liso fique para cima. Cubra com filme plástico e deixe novamente em um lugar quentinho até que a massa cresça em volume (1 ½ vezes o seu volume inicial), cerca de 1 hora.
Prepare o recheio: numa tigelinha, misture bem o açúcar e a canela. Separe 1/3 xícara desta mistura e reserve.
Vire a massa em uma superfície – não enfarinhe – e delicadamente abra-a até conseguir um retângulo de 15x35cm. Pincele com o ovo batido e espalhe o recheio sobre a massa, deixando uma borda de 2,5cm no topo e na base inferior. Começando pelo topo, enrole a massa formando uma espécie de rocambole, o mais apertado que puder. Pressione as pontas levemente para selar o recheio dentro da massa. Coloque a massa em uma forma de bolo inglês de 21x11cm, untada com manteiga. Cubra levemente com plástico e deixe novamente em um lugar quentinho até que a massa cresça em volume (1 ½ vezes seu volume inicial), 30-45 minutos.
Pré-aqueça o forno a 260°C; você vai assar o pão no centro do forno.
Coloque a forma com a massa dentro de uma assadeira grande, de beiradas baixas, e então a coloque no forno – imediatamente reduza a temperatura para 190°C. Asse, girando a forma depois de 2/3 do tempo total de forno, até que a crosta do pão esteja bem dourada - para testar se o pão está assado, retire-o cuidadosamente de dentro da forma de bolo inglês (usando luvas ou um pano de prato seco) e dê batidinhas, com os nós dos dedos, no fundo do pão; o som deve ser de algo oco.
Retire do forno, desenforme o pão sobre uma gradinha e deixe esfriar completamente.
Pincele o pão já frio com a manteiga derretida e salpique-o completamente com o açúcar+canela reservados. Volte o pão para a gradinha e aguarde a cobertura secar, cerca de 30 minutos.

Rend.: 1 pão – fiz exatamente a receita acima e ainda assim consegui 2 filões, usando formas de 20x9cm e 19x8cm

domingo, março 13, 2011

Torta de caramelo e nuts com creme de conhaque + o meu novo Twitter

English version

Caramel nut tart with brandy cream / Torta de caramelo e nuts com creme de conhaque

Lendo o "Nigella Kitchen" outro dia me identifiquei bastante com o comentário dela sobre o pudim de pão com gotas de chocolate (aquele que fiz há um tempinho): pode parecer estranho usar creme de leite, ovos e chocolate para salvar um pedaço de pão velho – algumas pessoas simplesmente o jogariam fora, acredito – mas eu realmente entendo a idéia dela; fiz o mesmo com esta torta – todo esse caramelo e nuts e massa para usar um restinho de creme de leite que venceria em alguns dias. :)
A torta ficou divina e foi gostoso prepará-la. :)

Mudando de assunto, precisei deletar a minha conta no Twitter - por motivos que eu adoraria lhes contar, mas infelizmente não posso; criei uma nova conta: @TKitchen_blog - espero vê-los lá!

Caramel nut tart with brandy cream / Torta de caramelo e nuts com creme de conhaque

Torta de caramelo e nuts com creme de conhaque
um nadinha adaptada do lindíssimo Sunday Suppers at Lucques

- xícara medidora de 240ml

Massa:
2 colheres (sopa) de creme de leite fresco
1 gema grande
1 1/3 xícaras + 1 ½ colheres (sopa) - 202g - de farinha de trigo
3 ½ colheres (sopa) - 42g - de açúcar refinado
1 pitada de sal
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, gelada e em cubinhos

Recheio:
1 ¾ xícaras de castanhas/nozes da sua preferência, inteiras – usei pecãs, amêndoas e castanha de caju
1 ½ colheres (chá) de mel
1 ¼ xícaras (250g) de açúcar refinado
½ xícara (120ml) de água
1/3 xícara (80ml) de creme de leite fresco
1 pitada de sal

Creme de conhaque:
½ xícara (120ml) de creme de leite
2 colheres (chá) de açúcar de confeiteiro
1 colher (chá) de conhaque

Comece pela massa: numa tigelinha, misture o creme de leite e a gema com um garfo. Usando a batedeira e o batedor para massas pesadas (em forma de gancho, se possível), misture a farinha, o açúcar, o sal e a manteiga até obter uma farofa grossa. Aos poucos, junte a mistura de creme de leite e gema e bata só até misturar – não bata demais a massa. Transfira para uma superfície levemente enfarinhada e termine de misturar com as mãos. Faça um disco de 2,5cm de espessura com a massa, embrulhe em filme plástico e leve à geladeira por 10-15 minutos (dependendo do quão mole estiver a sua massa).
Coloque a massa entre duas folhas de papel manteiga levemente enfarinhadas e abra com o rolo até obter um círculo de aproximadamente 6mm de espessura. Com jeitinho, transfira para uma forma de torta de 25cm de diâmetro levemente untada com manteiga. Com as pontas dos dedos, pressione levemente a massa para que ela se encaixe na forma, preenchendo cada cantinho. Remova o excesso de massa com uma faquinha, fure-a com um garfo e leve ao freezer por 30 minutos.
Pré-aqueça o forno a 190°C. Forre a massa com um pedaço de papel alumínio levemente untado com manteiga e encha o papel com feijões secos/pesinhos próprios para baking. Asse por 15 minutos ou até a massa firmar. Retire do forno, remova os feijões/pesinhos e o papel e volte a massa ao forno por mais 10-15 minutos, ou até que ela doure bem e de maneira homogênea. Retire do forno e deixe a base da torta esfriar completamente dentro da forma, sobre uma gradinha.
Agora, o recheio: espalhe as nozes/amêndoas em uma assadeira grande, de beiradas baixas, e leve ao forno até que dourem levemente – fique atento pois diferentes tipos de castanhas/nozes douram em tempos diferentes. Retire do forno e deixe esfriar completamente. Transfira as castanhas para uma tigela grande e adicione o mel. Reserve.
Coloque o açúcar e a água numa panela média de fundo grosso. Leve ao fogo médio-alto até obter um caramelo bem dourado – não misture o açúcar; apenas gire a panela algumas vezes, sem tocar a mistura com colheres ou espátulas. Retire do fogo e, com bastante cuidado, adicione o creme de leite, mexendo bem com um fuê – o caramelo vai espirrar e você pode se queimar. Deixe esfriar por 1 minuto e em seguida derrame-o sobre as nozes, misturando bem. Acrescente o sal, misture, e então derrame o recheio sobre a base da torta – não deixe que o caramelo transborde. Leve à geladeira por pelo menos 2 horas.
Na hora de servir, bata o creme de leite, o açúcar de confeiteiro e o conhaque até obter picos suaves. Sirva com a torta – remova-a da geladeira 20 minutos antes de servir.

Rend.: 8-10 porções

sexta-feira, março 11, 2011

Panna cotta de canela

English version

Cinnamon panna cotta / Panna cotta de canela

Sim, eu adoro panna cotta – na verdade, talvez eu possa ser considerada uma viciada em panna cotta, se é que existe algo assim. :)
A receita original era de panna cotta de baunilha, mas vou lhes dizer, sem nenhuma modéstia, que a minha versão de canela ficou muito boa – canela na medida, cremosa, delícia.

E para quem acha o meu vício em panna cotta um problema, não vou nem tocar no assunto “filmes preferidos” – adivinhem quem assistiu ao “Quem Quer Ser um Milionário?” pela terceira vez ontem à noite? ;)

Cinnamon panna cotta / Panna cotta de canela

Panna cotta de canela
adaptada do Bon Appetit Desserts

- xícara medidora de 240ml

¼ xícara (60ml) de água fria
2 ½ colheres (chá) de gelatina em pó, incolor e sem sabor
3 xícaras (720ml) de creme de leite fresco
2/3 xícara (133g) de açúcar refinado
8 paus de canela
canela moída na hora, para servir

Junte o creme de leite e os paus de canela numa panelinha. Leve ao fogo médio até começar a ferver, retire do fogo, tampe e deixe em infusão por 15 minutos.
Coloque a água numa tigelinha. Salpique a gelatina sobre ela e reserve até a gelatina amolecer, cerca de 15 minutos. Enquanto isso, acrescente o açúcar ao creme de leite e volte ao fogo médio, mexendo até dissolver o açúcar – a mistura tem que estar bem quente. Retire do fogo. Numa outra panelinha, aqueça 2,5cm de água. Coloque a tigelinha com a gelatina dentro da panela de água quente e mexa até que a gelatina dissolve. Junte a gelatina ao creme de leite, misturando bem até dissolvê-la completamente. Passe a mistura por uma peneira fina e então a divida entre 8 copos/taças com capacidade para ½ xícara (120ml) cada. Deixe esfriar (temperatura ambiente) e depois leve à geladeira até firmar (3 horas, aproximadamente).
Polvilhe com canela ralada na hora e sirva.

Rend.: 8 porções

quarta-feira, março 09, 2011

Salada de tomate, grão-de-bico, limão siciliano e hortelã

English version

Chickpea, tomato, lemon and mint salad / Salada de tomate, grão-de-bico, limão siciliano e hortelã

Mais um ano, mais um Carnaval... E mais uma salada – salgada, desta vez – depois de toneladas de comida e bebida. :)

De novo, a hortelã aparece para refrescar – nunca imaginei que combinasse tão bem com tomate. Uma delícia.

Salada de tomate, grão-de-bico, limão siciliano e hortelã
do The Commonsense Kitchen

- xícara medidora de 240ml

1 colher (sopa) de azeite
½ cebola roxa picada
1 dente de alho amassado
sal
2 xícaras de grão-de-bico cozido (escorra bem)
2 xícaras de tomates maduros, sem as sementes, em cubos
raspas da casca e suco de ½ limão siciliano
1 pitadinha de pimenta calabresa
½ xícara de folhas de hortelã, picadas grosseiramente – não aperte as folhas na xícara na hora de medir; reserve algumas folhinhas para decorar
¼ xícara de folhas de salsinha picadas
pimenta do reino moída na hora
azeite de oliva extra-virgem

Aqueça o azeite em uma frigideira em fogo médio-alto. Acrescente a cebola e o alho com um pouquinho de sal e refogue por 1-2 minutes. Adicione o grão-de-bico e cozinhe até que os grãos fiquem sequinhos. Retire do fogo e deixe esfriar (temperatura ambiente).
Antes de servir, junte os tomates, as raspas e o suco de limão siciliano, a pimenta calabresa, a hortelã e a salsinha ao grão-de-bico e misture. Tempere com sal e pimenta do reino, regue com o azeite extra-virgem e sirva.

Rend.: 2-4 porções

sábado, março 05, 2011

Amanteigados de rum

English version

Buttered rum meltaways / Amanteigados de rum

Uma das leitoras do blog - oi, Angelica! – me deixou um comentário sobre o número de receitas com rum por aqui – hoje tem mais uma!

Eu não bebo rum, porém adoro bake com a bebida – e se vocês provarem estes biscoitinhos vão se juntar a mim. :)

Adaptei um nadinha a receita do blog da Lizzie, que por sua vez a pegou em um livro que estou doida para comprar.

Amanteigados de rum
do Martha Stewart's Cookies

- xícara medidora de 240ml

1 ¾ xícaras + 2 colheres (sopa) - 265g - de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de amido de milho
2 colheres (chá) de canela em pó
2 colheres (chá) de noz-moscada ralada na hora
¼ colher (chá) de cravo moído
¼ colher (chá) de sal
¾ xícara (170g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
1 xícara (140g) de açúcar de confeiteiro, peneirado
¼ xícara (60ml) de rum escuro
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Misture a farinha, o amido de milho, as especiarias e o sal numa tigela. Reserve.
Na tigela grande da batedeira, junte a manteiga e 2/3 xícara (93g) do açúcar de confeiteiro. Bata em velocidade média até obter um creme. Acrescente o rum e a baunilha e bata. Reduza para a velocidade baixa e, aos poucos, acrescente os ingredientes secos.
Divida a massa em duas partes iguais. Coloque cada metade sobre um pedaço grande de papel manteiga e forme um rolinho. Dobre o papel e use uma régua para apertar a massa, conseguindo assim um rolinho de cerca de 3cm de diâmetro – como a Martha faz aqui. Embrulhe bem a massa no papel e leve ao freezer por 1 hora (a massa pode ser congelada por até 1 mês).
Pré-aqueça o forno a 180°C; forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Desembrulhe um dos tronquinhos de massa (deixe o outro no freezer enquanto isso). Corte fatias de 6mm de espessura e arrume-os nas formas preparadas, deixando 2,5cm de distância entre um e outro. Asse até que comecem a dourar, cerca de 15 minutos. Transfira os cookies para uma gradinha e deixe que esfriem por 10 minutos. Coloque o açúcar de confeiteiro restante numa tigelinha e passe por ele os cookies ainda mornos. Guarde os biscoitinhos em um recipiente hermético por até 4 dias.

Rend.: cerca de 4 dúzias – fiz metade da receita acima e consegui exatamente 2 dúzias

quinta-feira, março 03, 2011

Gelatina de limão siciliano + um ótimo garoto propaganda de limonada

English version

Fresh lemon gelatin / Gelatina de limão siciliano

Sou completamente parcial a coisas de limão/limão siciliano – e vocês todos sabem disso – mas estas gelatinas são tão gostosas que vocês também precisam provar!
É como comer limonada sólida – e se eu não conseguir convencê-los de que limonada é uma delícia o Sr. Ford certamente o fará. :)

Gelatina de limão siciliano
do Luscious Lemon Desserts

- xícara medidora de 240ml

3 ¼ xícaras (780ml) de água
1 xícara (200g) de açúcar refinado
¼ xícara de raspas de casca de limão siciliano
3 colheres (sopa) de gelatina em pó sem sabor e incolor
1 ¼ xícaras (300ml) de suco de limão siciliano

Separe seis copos, taças ou potinhos com capacidade para 1 xícara (240ml) cada.
Numa panela média, junte 2 ½ xícaras (600ml) da água, o açúcar e as raspas de casca de limão. Leve ao fogo médio-alto até ferver. Retire do fogo, cubra e reserve por 15 minutos.
Despeje os ¾ xícara (180ml) de água restante numa tigelinha e polvilhe a gelatina sobre ela. Reserve até amolecer, cerca de 10 minutos. Coloque o potinho com a gelatina dentro de um pote maior com água quente e mexa até a gelatina dissolver e o líquido clarear.
Despeje a gelatina na panela e misture bem até dissolver. Junte o suco de limão.
Passe a mistura por uma peneira fina diretamente para os copos/taças. Quando estiverem em temperatura ambiente, leve à geladeira, cobertos, por pelo menos 3 horas ou por até 5 dias.

Rend.: 6 porções

terça-feira, março 01, 2011

Financiers de ameixa

English version

Plum financiers / Financiers de ameixa

Meus financiers não ficaram iguais aos da RLB, mas me deixaram bastante orgulhosa: fazer camadas com todas aquelas fatias de ameixa não foi uma tarefa rápida, vou lhes dizer.

Eu queria que os bolinhos lembrassem flores – e assim, mais bonitos – mas não vou ser tão dura comigo desta vez: as três semanas infernais no trabalho acabaram e sobrevivi. Não sei como, mas sobrevivi. Mereço um pouco de bondade, nem que seja de mim mesma. :)

Financiers de ameixa
do Rose's Heavenly Cakes

- xícara medidora de 240ml

¾ xícara + 1 colher (sopa) - 113g - de açúcar de confeiteiro
1/3 xícara + ½ colher (sopa) - 45g - de farinha para bolos*
1 pitada de sal
½ xícara (50g) de farinha de amêndoas (amêndoas moídas)
4 claras grandes (120g)
½ colher (chá) de extrato de baunilha
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, derretida e ainda morna
3-4 ameixas

Numa tigela grande, peneire juntos o açúcar de confeiteiro, a farinha e o sal. Junte a farinha de amêndoas e misture. Acrescente as claras e a baunilha e misture até obter uma massa homogênea. Adicione a manteiga e misture. Cubra a tigela com filme plástico e leve à geladeira por pelo menos 6 horas.

Pré-aqueça o forno a 180°C; unte generosamente com manteiga 6 forminhas de torta com 9,7cm de diâmetro.
Divida a massa entre as forminhas preparadas e deixe-as em temperatura ambiente enquanto você prepara as ameixas.
Corte cada ameixa ao meio e remova os caroços. Coloque cada metade sobre uma tábua de corte, com o lado cortado virado para baixo, e corte fatias bem finas, colocando-as sobre papel toalha – se as fatias de ameixa estiverem muito firmes, passe-as rapidamente por água fervente e, em seguida, mergulhe-as em água gelada.
Começando pelas extremidades da forminha, mas sem cobrir a beiradinha de massa perto dela, sobreponha as fatias de ameixa em torno do perímetro para que o desenho lembre uma rosa. Coloque as fatias de forma que as extremidades inferiores das fatias de fruta afundem levemente na massa e os topos das fatias fiquem para fora. Comece com as fatias maiores e reserve as menores para formar o centro da flor.
Coloque as forminhas numa forma grande, de beiradas baixas, deixando pelo menos 5cm de distância entre uma e outra. Asse por 25-30 minutos ou até que as extremidades dos financiers estejam bem dourados – a massa ao redor das fatias de ameixa vai estufar e estará firme ao toque. Deixe esfriar completamente nas forminhas sobre uma gradinha. Desenforme com cuidado.

Os financiers podem ser guardados em um recipiente hermético por até 3 dias em temperatura ambiente ou 5 dias na geladeira.

* farinha para bolos feita em casa: retire 2 colheres (sopa) de 1 xícara (140g) de farinha de trigo comum e adicione 2 colheres (sopa) de amido de milho

Rend.: 6 unidades – usei forminhas de 9cm de diâmetro de consegui 7 financiers

Related Posts with Thumbnails