segunda-feira, janeiro 31, 2011

Torta de nectarina e baunilha

English version

Nectarine vanilla summer pie / Torta de nectarina e baunilha

Não sei bem o porquê, mas percebo que conforme fico mais velha coisas extremamente simples me fazem muitíssimo feliz; vocês se sentem assim?

Vocês não imaginam como fiquei contente ao fazer uma torta parecida com as dos desenhos animados da minha infância – aquelas colocadas perto da janela para esfriar. Isso me fez sorrir. :)

Torta de nectarina e baunilha
adaptada da revista Bon Appetit

- xícara medidora de 240ml

Massa:
2 ½ xícaras (350g) de farinha de trigo
1 ½ colheres (chá) de açúcar refinado
½ colher (chá) de sal
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, bem gelada, em cubinhos de pouco mais de 1cm
½ xícara (113g) de gordura hidrogenada bem gelada, em cubinhos de pouco mais de 1cm
5 colheres (sopa) - ou mais - de água gelada
2 colheres (sopa) de creme de leite fresco

Recheio:
2/3 xícara (133g) + 2 colheres (chá) de açúcar refinado
½ fava de baunilha, cortada em pedaços de pouco mais de 1cm
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
1.680g de nectarinas, maduras porém firmes, cortadas ao meio, caroços removidos, cada metade cortada em 4 fatias (cerca de 10 xícaras)
1 ½ colheres (sopa) de manteiga sem sal, temperatura ambiente

Comece preparando a massa: misture a farinha, o açúcar e o sal no processador de alimentos. Junte a manteiga e a gordura vegetal e pulse até conseguir uma mistura que pareça uma farofa grossa. Com o aparelho ligado, vá acrescentando a água aos poucos, processando até a massa se juntar (só adicione mais água se necessário). Faça uma bola com a massa, divida ao meio e pressione cada parte, formando um disco. Embrulhe cada disco em filme plástico e leve à geladeira por pelo menos 1 hora (a massa pode ser preparada até 3 dias antes – mantenha na geladeira e deixe amolecer fora dela se necessário para que fique mais fácil abrir com o rolo).

Pré-aqueça o forno a 200°C; unte levemente com manteiga um prato de vidro próprio para tortas com 23cm de diâmetro.
No processador, junte 2/3 xícara do açúcar e a fava de baunilha, processando até que a fava fique bem moída. Passe a mistura por uma peneira e remova os pedaços maiores de baunilha. Junte a farinha à mistura de açúcar e baunilha, acrescente as nectarinas e misture gentilmente até cobrir os pedaços de fruta com a mistura.
Abra um dos discos de massa sobre uma superfície levemente enfarinhada até obter um círculo de 30cm de diâmetro. Transfira para o prato preparado e remova o excesso de massa deixando uma sobra de pouco mais de 1cm. Coloque o recheio de nectarina sobre a massa e cubra-o com pedacinhos de manteiga. Abra o segundo disco de massa sobre a superfície ligeiramente enfarinhada e arrume-o sobre o recheio. Remova o excesso de massa, deixando uma sobra de aproximadamente 4cm. Dobre as sobras de massa, pressionando para selar bem o recheio dentro dela. Usando as pontas dos dedos, aperte as laterais da massa de maneira decorativa. Com uma faquinha, faça um X de 5cm no centro da torta, para que o vapor do recheio possa escapar. Pincele a torta com o creme de leite fresco e polvilhe com as 2 colheres (chá) de açúcar restantes.
Coloque a torta dentro de uma assadeira e leve ao forno até que a massa doure, as nectarinas fiquem macias e o recheio borbulhe, cerca de 1 hora e 15 minutos. Transfira a torta para uma gradinha e espere amornar (aproximadamente 2 horas).
Sirva a torta morninha ou em temperatura ambiente com sorvete de baunilha.

Rend.: 8 porções

sexta-feira, janeiro 28, 2011

Bolo de banana e especiarias

English version

Spiced banana breakfast loaf / Bolo de banana e especiarias

Às vezes, quando estou folheando os meus livros de receita, penso em voz alta: falo coisas como “vou mesmo fazer isso aqui”, ou “hum, esta receita sai no próximo final de semana”; só para vocês saberem, o marido não acha isso esquisito. :)

Há algumas semanas eu “conversava” com os meus livros de novo quando disse que iria preparar um bolo de banana. “Outro?”, João perguntou. Eu sorri de volta para ele e não disse nada, mas pensei: “ei, você não me conhece mesmo, né?” – quanto mais bolos de banana, melhor. ;)

Bolo de banana e especiarias
do Baking by Flavor

- xícara medidora de 240ml

2 xícaras (280g) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
½ colher (chá) de sal
1 colher (chá) de canela em pó
¾ colher (chá) de noz-moscada ralada na hora
¼ colher (chá) de gengibre em pó
1/8 colher (chá) de cravo em pó
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, derretida e fria
2/3 xícara + 2 colheres (sopa) - 157g - de açúcar granulado
2 ovos grandes
1 ½ xícaras de bananas maduras, amassadas
1 ½ colheres (chá) de extrato de baunilha
¾ xícara (83g) de pecãs, levemente tostadas e frias, picadas

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte levemente com manteiga e enfarinhe uma forma de bolo de inglês de 22,5x12,5x7,5cm.
Peneire a farinha, o fermento em pó, o sal, a canela, a noz-moscada, o gengibre e o cravo numa tigela grande. Reserve.
Numa outra tigela, misture com um fuê ou garfo a manteiga, o açúcar granulado, os ovos, a banana amassada e a baunilha. Despeje esta mistura sobre os ingredientes secos, junte as pecãs e misture somente até a farinha ser absorvida. Transfira a massa para a forma preparada e asse por cerca de 55 minutos, ou até que cresça e doure (faça o teste do palito).
Deixe esfriar na forma, sobre uma gradinha, por 5-8 minutos, e então desenforme cuidadosamente sobre outra gradinha, deixando esfriar completamente.

Rend.: 12 fatias – fiz 2/3 da receita acima e usei uma forma de bolo de inglês de 8x19x5cm – o bolo não cresceu muito, e a textura ficou um tiquinho densa, mas o sabor estava incrível

quarta-feira, janeiro 26, 2011

Quadradinhos de frutas secas + uma amiga querida

English version

Pebbly beach fruit squares / Quadradinhos de frutas secas

“Conheci” diversas pessoas ótimas desde que comecei o blog em 2006, e algumas se tornaram parte dos meus dias, mesmo que, em alguns casos, estejamos do outro lado do planeta. :)

Sei que ela mora há milhares de quilômetros daqui, mas eu adoraria ter a querida Susan como vizinha: eu simplesmente a adoro (apesar de não nos conhecermos pessoalmente), morro de vontade de provar a sua linda comida, e às vezes gostaria de poder “pegar emprestados” os ajudantes fofos dela. ;)
Sempre quis dividir a cozinha com a Susan e resolvemos não deixar a distância nos atrapalhar: uma receita do novo livro da Alice Medrich é o início do nosso pequeno projeto de baking.

Sou super fã das receitas desta autora – elas funcionam e são deliciosas – mas estes cookies me desapontaram: a massa é extremamente mole e por isso quase impossível de manusear (mesmo depois de várias idas à geladeira); os cookies ficaram gostosos, mas eu definitivamente optaria por esta massa caso fizesse os biscoitinhos novamente.

Cliquem aqui para ver os lindos cookies da Susan – o recheio que ela escolheu é divino!

Quadradinhos de frutas secas
do Chewy Gooey Crispy Crunchy Melt-in-Your-Mouth Cookies by Alice Medrich

- xícara medidora de 240ml

1 ¾ xícaras (245g) de farinha de trigo
½ colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de sal
8 colheres (sopa) - 113g – de manteiga sem sal, temperatura ambiente
¾ xícara (150g) de açúcar granulado
1 ovo grande
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 colher (chá) de raspas de casca de limão siciliano
1 xícara (110g) de cranberries secas
¼ xícara (50g) de açúcar demerara

Misture bem a farinha, o fermento e o sal numa tigela. Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga e o açúcar até homogeneizar, mas sem que a mistura fique fofa. Junte o ovo, a baunilha e as raspas de limão e misture até homogeneizar. Junte a farinha e misture de maneira uniforme. Divida a massa ao meio e forme um retângulo com cada metade. Embrulhe em filme plástico e leve à geladeira por pelo menos 2 horas (ou de um dia para o outro).
Pré-aqueça o forno a 180°C; forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Retire a massa da geladeira e deixe amolecer levemente (15 minutos, mais ou menos). Coloque a massa sobre um pedaço grande de papel manteiga e abra-a com o rolo até conseguir um retângulo de 21x42cm. Com o lado mais curto de frente para você, espalhe metade das cranberries sobre a metade inferior da massa. Dobre a outra metade por cima do recheio, usando o papel como guia. Remova o papel do topo da massa, espalhe metade do açúcar demerara sobre a massa e pressione para que o açúcar grude na massa. Leve ao freezer por 10 minutos, acerte as extremidades e então corte em 16 quadradinhos. Repita com a outra metade da massa. Coloque os quadradinhos nas assadeiras preparadas e leve ao forno por 12-15 minutos ou até que as extremidades dos cookies dourem. Deslize o papel para fora da forma e deixe esfriar completamente.

Rend.: 32 unidades – fiz metade da receita e consegui só 10 quadradinhos

segunda-feira, janeiro 24, 2011

Linguine com ervilhas e limão siciliano - e 6 anos de casados

English version

Linguine with peas and lemon / Linguine com ervilhas e limão siciliano

Eu e João comemoramos nosso sexto ano de casados no sábado com um jantar maravilhoso: comida deliciosa, um vinhozinho... Mas depois de tanta abundância se fez necessário um almoço mais leve no domingo – esta receita pipocou na minha cabeça instantaneamente: é tão gostosa – e rápida – que já a preparei três vezes.

Linguine com ervilhas e limão siciliano
daqui: Holiday

- xícara medidora de 240ml

1½ colheres (sopa) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) - 28g - de manteiga
2 dentes de alho amassados
¾ xícara (180ml) de vinho branco
1 colher (chá) de raspas de casca de limão siciliano
½ xícara (120ml) de creme de leite fresco
sal e pimenta do reino moída na hora
400g de linguine
2 xícaras de ervilhas frescas – usei congeladas
parmesão ralado, para servir

Aqueça o azeite e a manteiga numa frigideira grande, em fogo médio. Junte o alho e refogue, mexendo, por 1 minuto.
Despeje o vinho na panela e ferva em fogo baixo até o líquido reduzir pela metade. Junte as raspas de limão e o creme de leite e continue fervendo em fogo baixo por mais 3-4 minutos, ou até o molho reduzir levemente; tempere com sal e pimenta do reino.
Enquanto isso, cozinhe o macarrão numa panela grande de água fervente, seguindo as instruções do pacote ou até que a massa esteja al dente. Acrescente as ervilhas à água nos últimos três minutos de cozimento do macarrão. Escorra bem e junte a massa e as ervilhas ao molho da frigideira.
Sirva imediatamente com o parmesão ralado.

Rend.: 4 porções

sexta-feira, janeiro 21, 2011

Mousse de chocolate branco com maracujá

English version

White chocolate mousse with passion fruit / Mousse de chocolate branco com maracujá

Tive um grande sonho na adolescência: estudar inglês na Austrália. Infelizmente, $$ foi um problema e tive que aprender o idioma por aqui mesmo.

Meu amor pela Austrália não mudou – João e eu temos planos de passar férias lá um dia; enquanto isso não acontece, vou ouvindo bandas australianas e preparando receitas de revistas e fantásticos foodies de lá. :)

Mousse de chocolate branco com maracujá
daqui

- xícara medidora de 240ml

250g de chocolate branco de boa qualidade, picadinho
1/3 xícara (80ml) de leite integral
1 colher (chá) de extrato de baunilha
3 ovos, gemas e claras separadas
1 ½ xícaras + 1 colher (sopa) - 375ml - de creme de leite fresco
6 colheres (sopa) de polpa de maracujá

Coloque o chocolate, o leite e a baunilha num refratário e leve ao banho-maria (sem deixar que o fundo da tigela toque a água). Aqueça, mexendo regularmente, até o chocolate derreter. Retire do fogo e deixe esfriar por 5 minutos.
Acrescente as gemas ao chocolate, uma a uma, batendo bem a cada adição. Reserve.
Numa tigela média, bata o creme de leite até obter picos suaves. Misture-a ao chocolate, delicadamente, com o auxílio de uma espátula de silicone, mexendo de baixo para cima.
Em outra tigela bem seca, bata as claras até obter picos suaves. Com o auxílio de uma colher grande de metal, incorpore-as delicadamente, em duas etapas, à mistura de chocolate.
Divida a mousse entre 6 potinhos com capacidade para 1 xícara (240ml) cada. Cubra e leve à geladeira por 3-4 horas ou até firmar.
Cubra com o maracujá somente na hora de servir.

Rend.: 6 porções

quarta-feira, janeiro 19, 2011

Torta rústica de ameixa

English version

Rustic plum tart / Torta rústica de ameixa

Uma vez lhes contei que morro de preguiça às vezes; por isso, a receita de hoje é dedicada aos preguiçosos – e queridos – que estão me lendo agora. ;)

É uma torta, sim, mas não é preciso levar a massa à geladeira nem usar pesinhos/feijões secos para assá-la; vocês não vão ter de esperar a base esfriar para recheá-la e ainda podem servir a sobremesa morna – na verdade, a torta fica uma delícia desse jeito, e eu a provei tanto morna quanto em temperatura ambiente para poder dividir a informação com vocês – razões científicas, apenas. ;)

Torta rústica de ameixa
do Pure Dessert

- xícara medidora de 240ml

1 xícara (140g) de farinha de trigo
¾ xícara (150g) de açúcar refinado
½ colher (chá) de fermento em pó
1/6 colher (chá) de sal
1 ovo grande, levemente batido com um garfo
3 colheres (sopa) - 42g - de manteiga sem sal, firme, mas não dura
4-6 ameixas, bem saborosas e suculentas – você vai precisar de ameixas que sejam doces e azedinhas (ameixas muito doces não funcionam nesta receita)

Pré-aqueça o forno a 190°C. Unte generosamente com manteiga uma forma para tortas de 24cm de diâmetro, com fundo removível.
Misture a farinha, o açúcar, o fermento e o sal numa tigela média. Junte o ovo e a manteiga e, usando um garfo grande, vá unindo os ingredientes, como se você estivesse fazendo uma massa de torta tradicional – a mistura estará pronta quando parecer uma massa de areia úmida, sem resquícios dos ingredientes secos. Pressione a massa em todo o fundo da forma preparada sem deixar a massa subir pelas laterais.
Se as ameixas tiverem menos de 5cm de diâmetro, corte-as ao meio e remova os caroços; ameixas maiores devem ser cortadas em quatro ou seis fatias (remova os caroços, também). Arrume as ameixas sobre a massa, reservando uma margem de pouco mais de 1cm, e deixando algum espaço entre as fatias de fruta – se usar metades de ameixa: arrume-as com a casca para baixo; se usar fatias de ameixa: arrume-as com a casca para cima, afundando-as ligeiramente na massa para que não virem quando a torta estiver no forno (como eu fiz). Asse até que a massa estufe, fique bem dourada nas extremidades e dourada no centro, entre as ameixas – 50-55 minutos. Transfira a forma para uma gradinha, deixe esfriar por 10 minutos, e então retire o anel da forma. Se uma poça de calda se formar no centro da torta, espalhe-a sobre as ameixas com o auxílio de uma faquinha sem ponta.
Sirva morna ou em temperatura ambiente.

Rend.: 8 porções

segunda-feira, janeiro 17, 2011

Bolo de limão siciliano com cranberries

English version

Cranberry lemon bread / Bolo de limão siciliano com cranberries

Há algo muito errado com este blog quando a última receita de limão foi postada há dois meses. :)

Nada melhor para consertar isso do que este bolo lindo, macio, perfumado e delicioso, cortesia da igualmente linda – e aposto que perfumada, também – Ameixinha. ;)

Bolo de limão siciliano com cranberries

- xícara medidora de 240ml

Bolo:
2/3 xícara (150g) de manteiga sem sal, amolecida
1 ½ xícaras (300g) de açúcar refinado
3 colheres (sopa) de suco de limão siciliano
2 colheres (sopa) de raspas de casca de limão siciliano
4 ovos
¼ colher (chá) de extrato de baunilha
3 xícaras (420g) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
1 ½ colheres (chá) de sal
1 xícara (240ml) de leite
2 xícaras (220g) de cranberries secas

Calda:
½ xícara (70g) de açúcar de confeiteiro, peneirado
½ xícara (60ml) de suco de limão siciliano

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga 4 mini formas de bolo inglês.
Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga e o açúcar até obter um creme claro e fofo. Junte o suco e as raspas de limão, os ovos e a baunilha e bata até misturar.
Em outra tigela, misture a farinha, o fermento e o sal. Adicione os ingredientes secos à mistura da batedeira, alternando com o leite, batendo só até incorporar cada adição. Junte as cranberries e misture com o auxílio de uma espátula de silicone.
Divida a massa entre as forminhas preparadas e asse por 30-40 minutos ou até que os bolos cresçam e dourem (faça o teste do palito). Retire do forno e coloque as formas sobre uma gradinha – não desenforme ainda.
Prepare a calda: numa tigelinha, misture bem o açúcar e o suco de limão. Despeje sobre os bolos ainda quentes e deixe esfriar completamente. Desenforme com cuidado. Embrulhe bem com filme plástico na hora de guardar.

Rend.: 4 unidades – fiz metade da receita acima e usei uma forma de bolo inglês com capacidade para 5 ½ xícaras (1,3l)

sexta-feira, janeiro 14, 2011

Pandoro com geléia de pêssego

English version

Pandoro with peach jam / Pandoro com geléia de pêssego

Já faz algum tempo que venho tentando cozinhar com ingredientes sazonais – influência da minha amiga Ana Elisa – e por isso esta receita ficou guardada na minha baguncinha por quase um ano. Finalmente é época de pêssego e pude preparar a receita – esta geléia é tão gostosa que valeu a pena esperar.

O pandoro não é muito doce e por isso mesmo forma um par perfeito com a geléia – as formiguinhas de plantão podem aumentar um tiquinho a quantidade de açúcar na massa. :)

Pandoro com geléia de pêssego
da Australian Gourmet Traveller

- xícara medidora de 240ml

Pandoro:
½ xícara (120ml) de leite integral morno
28g de fermento biológico seco
2/3 xícara (66g) de açúcar refinado, e um pouquinho extra para polvilhar
4 1/3 xícaras (605g) de farinha de trigo comum
1 pitada de sal
¾ xícara + 1 colher (sopa) - 183g - de manteiga sem sal, amolecida
2 gemas
¾ xícara (180ml) de creme de leite fresco
1 gema, batida com 1 colher (sopa) de creme de leite fresco, para pincelar

Geléia de pêssego:
6 pêssegos amarelos, maduros porém firmes
½ xícara (100g) de açúcar refinado

Comece pelo pandoro: misture o leite, o fermento e 1 colher (sopa) do açúcar numa tigela. Deixe num cantinho sem correntes de ar até espumar (5-10 minutos). Peneire 50g da farinha de trigo sobre o fermento, misture, e espere espumar novamente (5-10minutos). Coloque a farinha restante e o sal na tigela grande da batedeira. Acrescente a manteiga e o açúcar restantes à farinha e, com o batedor em formato de pá, bata até obter um creme. Troque o batedor – você vai usar o gancho agora – e junte a mistura de fermento, as gemas e o creme de leite à tigela. Bata até obter uma massa homogênea e elástica (10-12 minutos). Transfira a massa para uma tigela levemente untada com manteiga, cubra com filme plástico e deixe num lugar aquecido, livre de correntes de ar, até a massa dobrar de volume (1-2 horas).
Enquanto isso, prepare a geléia de pêssego: com uma faquinha, corte um X na parte inferior de cada pêssego e mergulhe-os em água fervente por cerca de 20 segundos. Retire-os da panela com uma escumadeira, coloque num escorredor/peneira e enxágüe com água fria – a casca sairá facilmente.
Corte os pêssegos ao meio, remova os caroços e pique a polpa em pedaços. Transfira para uma panela com o açúcar e cozinhe em fogo médio-alto, mexendo algumas vezes, até conseguir a consistência de geléia e o volume da mistura ter sido reduzido para 375ml (20-30 minutos). Deixe esfriar completamente.
Pré-aqueça o forno a 200°C. Dê um soquinho no centro da massa e forme um cilindro de 65cm de comprimento com ela. Torça o cilindro e traga as pontas para o centro, unindo-as em uma espécie de nó. Transfira para uma assadeira grande forrada com papel alumínio e leve ao forno por 15 minutos. Reduza o forno para 170°C, pincele o pandoro com a gema batida com o creme de leite, polvilhe com o açúcar refinado extra e volte-o ao forno até que ele asse completamente e doure bem (30-35 minutos).
Sirva com a geléia de pêssego.

Rend.: 10 porções

quarta-feira, janeiro 12, 2011

Financiers de manteiga de amendoim

English version

Peanut butter financiers / Financiers de manteiga de amendoim

Toda vez que compro um livro de receitas novo demoro séculos para escolher a primeira receita a ser testada – a exceção foi o Rose's Heavenly Cakes: eu tinha que começar com a receita mais esquisita (na minha opinião, é claro). :)

Já fiz várias receitas de financier/friand até hoje e estes aqui foram direto pro 1º lugar entre os favoritos (desculpem-me, friands de pêra). :)

Financiers de manteiga de amendoim
do Rose's Heavenly Cakes

- xícara medidora de 240ml

75g de amêndoas inteiras
10 colheres (sopa) - 140g - de manteiga sem sal, picada
1 xícara + 1 colher (sopa) - 148g - de açúcar de confeiteiro
6 colheres (sopa)- 60g - de farinha de trigo
4 claras grandes
3 colheres (sopa) de manteiga de amendoim cremosa*

Pré-aqueça o forno a 190°C; unte com manteiga e enfarinhe 16 forminhas de financier ou muffin com capacidade para ¼ xícara (60ml) cada.
Espalhe as amêndoas em uma assadeira e leve ao forno por 8-10 minutos ou até que soltem um aroma de tostadas, mexendo algumas vezes. Deixe esfriar completamente, e então triture no processador de alimentos com o açúcar até que fiquem bem fininhas. Junte a farinha e pulse algumas vezes.
Numa panela pequena, derreta a manteiga em fogo baixo – não use panela escura/antiaderente para que você possa checar a cor da manteiga. Continue cozinhando a manteiga, mexendo sempre, até que ela fique num tom dourado escuro - fique atenta para não queimar. Imediatamente passe a manteiga por uma peneira diretamente para um potinho refratário.
Numa tigela grande, bata as claras com um fuê até que espumem. Junte a mistura do processador, batendo bem para incorporar, e em seguida derrame a manteiga quente sobre a mistura, aos poucos, e mexendo bem. Acrescente a manteiga de amendoim e misture até obter uma massa homogênea.
Despeje a massa nas forminhas preparadas, enchendo-as até 2/3 de sua capacidade. Transfira as forminhas para uma assadeira e leve ao forno por 15-18 minutos ou até que os financiers dourem e cresçam (faça o teste do palito).
Deixe esfriar nas forminhas por 5 minutos e então remova com cuidado, transferindo para uma gradinha para esfriarem completamente.
Os financiers podem ser guardados num recipiente hermético por até 3 dias em temperatura ambiente ou até 5 dias na geladeira.

* vale a pena investir um pouquinho mais de $$ e comprar manteiga de amendoim americana – faz muita diferença

Rend.: 16 unidades – fiz metade da receita acima, usei forminhas com capacidade para 2 colheres (sopa) cada e consegui 12

segunda-feira, janeiro 10, 2011

Clafoutis de ameixa e especiarias

English version

Spiced plum clafoutis / Clafoutis de ameixa e especiarias

Eu lhes apresento a sobremesa mais deliciosa que fiz em bastante tempo – e isso, meus amigos, é ALGO para um blog açucarado como este aqui. :)

Por mais que eu gostaria de que cada um de vocês experimentasse esta receita – é mesmo ótima – tenho de ser honesta e lhes contar que quem não quiser comer clafoutis pode usar as ameixas e esta calda absurdamente deliciosa para transformar qualquer sorvete de baunilha numa obra de arte.

Clafoutis de ameixa e especiarias
um nadinha adaptado da Australian Gourmet Traveller

-xícara medidora de 240ml

Ameixas com especiarias:
¾ xícara (150g) de açúcar refinado
2 paus de canela
½ colher (chá) de 5 especiarias chinesas em pó
1 ¼ xícaras (300ml) de água
6 ameixas maduras, cortadas ao meio, caroços removidos

Massa:
4 ovos grandes
1 ¼ xícaras (250g) de açúcar refinado
½ xícara + 1 colher (sopa) - 80g - de farinha de trigo
400ml de creme de leite fresco

Prepare as ameixas: junte o açúcar, as especiarias e a água numa panela e leve ao fogo médio-alto até ferver, mexendo até dissolver o açúcar. Acrescente as ameixas, com o lado da casca virado para cima, e cozinhe por 2-3 minutos. Vire as ameixas e cozinhe por mais 2 minutos ou até que fiquem macias (espete a polpa com um garfo para testar a maciez das frutas). Retire as ameixas da calda com uma escumadeira e deixe esfriar até conseguir manipulá-las – em seguida, corte em fatias e divida-as entre 6 potinhos refratários com capacidade para 200ml cada, levemente untados com manteiga.
Volte a calda ao fogo, deixe ferver, e então cozinhe em fogo médio-alto até reduzir pela metade e engrossar (10-12 minutos). Deixe esfriar completamente e reserve.
Pré-aqueça o forno a 160°C. Numa tigela, bata os ovos, o açúcar e a farinha com um fuê até incorporar (não bata demais). Junte o creme de leite e mexa delicadamente. Despeje a massa sobre as ameixas, coloque os potinhos numa assadeira e leve ao forno só até firmar e dourar levemente (15-20 minutos).
Sirva imediatamente com a calda reservada.

Rend.: 6 porções

sexta-feira, janeiro 07, 2011

Frozen yogurt de pêssego

English version

Peach frozen yogurt / Frozen yogurt de pêssego

Uma tigela de pêssegos lindos e maduros foi como esta receita começou, e primeiramente eu havia pensado em fazer o sorvete de pêssego do mesmo livro de onde este frozen yogurt saiu; mudei de idéia depois de considerar que usando iogurte em vez de creme de leite eu poderia comer bem mais sobremesa – gordice pura. :)

Frozen yogurt de pêssego
do The Perfect Scoop: Ice Creams, Sorbets, Granitas, and Sweet Accompaniments

- xícara medidora de 240ml

675g de pêssegos maduros (cerca de 5 pêssegos grandes)
½ xícara (120ml) de água
¾ xícara (150g) de açúcar refinado*
1 xícara (260g) de iogurte natural integral
algumas gotinhas de suco de limão siciliano espremido na hora

Descasque os pêssegos: com uma faquinha, corte um X na parte inferior de cada pêssego e mergulhe-os em água fervente por cerca de 20 segundos. Retire-os da panela com uma escumadeira, coloque num escorredor/peneira e enxágüe com água fria – a casca sairá facilmente.
Corte os pêssegos ao meio, remova os caroços e pique a polpa em pedaços. Cozinhe com a água numa panela média – não use panela de alumínio, cobre ou ferro – parcialmente tampada, misturando algumas vezes, até que a fruta fique macia e cozida, cerca de 10 minutos. Retire do fogo, junte o açúcar, e então leve à geladeira até gelar bem.
Transfira o pêssego para um liquidificador ou processador, junte o iogurte e bata até quase homogeneizar – deixe alguns pedacinhos de polpa. Misture o suco de limão e então prepare a mistura pela sorveteira seguindo as instruções do fabricante.

* sugiro adicionar menos açúcar e provar – o meu frozen yogurt ficou um tantinho doce demais

Rend.: cerca de 3 xícaras

quarta-feira, janeiro 05, 2011

Bolo de ameixa com mesclado de cheesecake

English version

Plum tray bake with a cheesecake ripple / Bolo de ameixa com mesclado de cheesecake

Houve um boato no Twitter mês passado de que o delicious iria acabar – fiquei em completo choque, pois acho a ferramenta extremamente útil; por sorte, parece que era apenas isso mesmo: um boato.

De que outro jeito eu teria me “lembrado” deste bolo delicioso – quero dizer, extremamente delicioso – salvo no dia 7 de outubro de 2008? ;)

Plum tray bake with a cheesecake ripple / Bolo de ameixa com mesclado de cheesecake

Bolo de ameixa com mesclado de cheesecake
adaptado daqui

-xícara medidora de 240ml

Mesclado de cheesecake:
200g de cream cheese
1 colher (chá) de extrato ou pasta de baunilha
3 colheres (sopa) de açúcar refinado

Bolo:
3 ovos
175g de manteiga sem sal, amolecida
1 xícara (175g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
1 ½ xícaras (210g) de farinha de trigo
1 ½ colheres (chá) de fermento em pó
1 pitada generosa de sal
1 colher (chá) de extrato de baunilha
400g de ameixas maduras, cortadas ao meio, sem os caroços, e picadas

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma rasa de 28x18cm, forre com papel manteiga deixando sobrar em lados opostos, formando “alças”, e unte o papel também.
Numa tigela média, com o auxílio da batedeira, bata o cream cheese até que fique bem macio e cremoso. Junte a baunilha e o açúcar refinado e bata bem até homogeneizar. Reserve.
Numa outra tigela, junte os ovos, a manteiga, o açúcar mascavo, a farinha, o fermento, o sal e a baunilha e bata por cerca de 2 minutos ou até conseguir uma mistura bem cremosa.
Espalhe metade da massa de bolo na forma preparada, e então distribua metade do cream cheese às colheradas sobre a massa, misturando pouco, de forma a obter um efeito marmorizado. Salpique com metade das ameixas. Cubra com o restante da massa de bolo e espalhe novamente marmorizando o restante do cream cheese. Salpique com o restante das ameixas. Asse por cerca de 45 minutos ou até que o bolo cresça e esteja firme ao toque – lembre-se de que este bolo vai firmar levemente conforme esfriar, por isso tenha cuidado para não assar demais (o bolo pode ressecar).
Deixe esfriar na forma antes de cortar. Sirva morno ou frio, com sorvete.

Rend.: 10 porções – fiz 2/3 da receita acima e usei uma forma quadrada de 20cm

segunda-feira, janeiro 03, 2011

Crumble de cereja

English version

Cherry crumble / Crumble de cereja

Feliz Ano Novo para todos vocês!

Depois de um mês é hora de (relutantemente) voltar ao trabalho – eu definitivamente não recusaria mais algumas semanas de férias... *suspiro*

Se vocês, como eu, precisam de uma ajudinha para voltar ao trabalho eu recomendo muito esta sobremesa. :)

Crumble de cereja
adaptado daqui

- xícara medidora de 240ml

320g de cerejas frescas, sem os caroços e cortadas em quatro partes
1 colher (chá) de raspas de casca de limão siciliano
2 colheres (chá) de suco de limão siciliano
3 colheres (sopa) de açúcar demerara

Cobertura:
½ xícara (70g) de farinha de trigo
¼ colher (chá) de fermento em pó
2 ½ colheres (sopa) - 35g - de manteiga sem sal, gelada, em cubinhos
2 colheres (sopa) de açúcar demerara

Pré-aqueça o forno a 200°C. Coloque a farinha e o fermento em pó numa tigela e, usando as pontas dos dedos, vá unindo a manteiga aos ingredientes secos, até obter uma farofa grossa. Junte o açúcar e leve a mistura à geladeira enquanto prepara a parte da fruta.
Misture as cerejas com as raspas, o suco de limão siciliano e o açúcar e divida entre dois refratários com capacidade para 1 xícara (240ml) cada. Salpique a cobertura sobre os potinhos, coloque-os dentro de uma assadeira de beiradas baixas e leve ao forno por 20 minutos ou até que a cobertura doure e a fruta borbulhe.

Rend.: 2 porções

Related Posts with Thumbnails