sábado, outubro 30, 2010

Cookies com gotas de chocolate e coco

English version

Chocolate chip coconut cookies / Cookies com gotas de chocolate e coco

Uma vez lhes contei que adoro ficar clicando de um link para outro, e outro, e mais um... Continuo fazendo isso, e muito – bem que dizem que pau que nasce torto... :D

Tinha de dar fim a um saquinho de coco em flocos – compras por impulso, alguém? – e o meu adorado Food Blog Search me levou pra , e então a Memória me levou pra ... E a receita da Sheena foi parar no meu forno.

Estes cookies são uma delícia e fizeram sucesso no trabalho do João – espero que vocês os experimentem qualquer hora!

Cookies com gotas de chocolate e coco

- xícara medidora de 240ml

½ xícara (113g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
¼ xícara (50g) de açúcar granulado
¾ xícara (131g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
1 ovo
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 ½ xícaras (210g) de farinha de trigo
¾ colher (chá) de bicarbonato de sódio
¼ colher (chá) de sal
1 ½ xícaras (150g) de coco em flocos adoçados
225g de gotas/pedacinhos de chocolate amargo

Pré-aqueça o forno a 180°C; forre duas assadeiras largas, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Bata a manteiga e os açúcares na batedeira até obter uma mistura cremosa e clara, mas não fofa. Raspe as laterais da tigela com uma espátula de silicone. Acrescente o ovo e bata para incorporar. Junte a baunilha. Raspe novamente as laterais da tigela. Numa tigelinha, misture bem a farinha, o bicarbonato e o sal. Com a batedeira em velocidade baixa, acrescente os ingredientes secos e misture só até incorporá-los – não bata demais. Com a espátula de silicone, misture o coco e as gotas de chocolate.
Faça bolinhas com 1 colher (sopa) levemente cheia de massa, coloque nas assadeiras preparadas, deixando 5cm de distância entre uma e outra, e pressione cada bolinha levemente com a mão. Asse por 11-13 minutos ou até que dourem nas extremidades porém ainda estejam molinhos no centro.

Rend.: cerca de 45 cookies

quinta-feira, outubro 28, 2010

Cheesecake de baunilha com calda de mirtilo e limão siciliano

English version

Vanilla cheesecake with blueberry lemon sauce / Cheesecake de baunilha com calda de mirtilo e limão siciliano

Eu lhes disse que tinha um vício – e se vocês não acreditaram em mim daquela vez, talvez comecem a acreditar agora. :D

Há uma diferença aqui, entretanto: desta vez usei mirtilos em vez de amoras, como pede a receita da Natalie. Só não me perguntem de qual gosto mais – vocês sabem que tenho dificuldade para escolher favoritos. :D

Cheesecake de baunilha com calda de mirtilo e limão siciliano
da Donna Hay magazine e daqui

Base:
125g de biscoitos do tipo maisena/Maria – usei estes aqui, dica da Ana
½ xícara (50g) de farinha de amêndoas
3 colheres (sopa) – 42g – de manteiga sem sal, derretida

Cheesecake:
370g de ricota
370g de cream cheese
1 1/3 xícaras (267g) de açúcar refinado
3 ovos
2 colheres (chá) de extrato de baunilha

Calda de mirtilo de limão siciliano:
1 xícara de mirtilos (blueberries), frescos ou congelados
¾ xícara (150g) de açúcar refinado
1 colher (sopa) de raspas de casca de limão siciliano
3 colheres (sopa) de suco de limão siciliano
¼ xícara (60ml) de água
1 colher (sopa) de amido de milho

Pré-aqueça o forno a 140°C.
Prepare a base: coloque os biscoitos num processador de alimentos e processe até moê-los. Junte a farinha de amêndoas e a manteiga e processe novamente para incorporar. Unte com manteiga uma forma desmontável. Pressione a mistura do processador na base e leve à geladeira.
No processador, processe a ricota e o cream cheese até homogeneizar. Junte o açúcar, os ovos e a baunilha e processe novamente para incorporar. Despeje a mistura sobre a base de biscoito e leve ao forno por 55-60 minutos até firmar.
Enquanto isso, prepare a calda: misture os mirtilos, o açúcar, o suco e as raspas de limão siciliano numa panela pequena - não use panela de alumínio, cobre ou ferro. Numa tigelinha, dissolva o amido de milho na água, misturando bem com um garfo. Junte o amido dissolvido à panela. Leve ao fogo médio, misturando de vez em quando, até que comece a ferver e engrosse ligeiramente – quando mexer, amasse os mirtilos com um garfo para que eles dissolvam na geléia. Deixe esfriar completamente.
Retire o cheesecake do forno e deixe esfriar completamente na forma. Sirva com a calda.

* fiz 2/3 da receita acima (da base e do cheesecake) e usei uma forma de bolo redonda de 20cm com fundo removível

Rend.: 8-10 porções

terça-feira, outubro 26, 2010

Bolinhos de mel e especiarias

English version

Honey and gingerbread cakes / Bolinhos de mel e especiarias

Há alguns dias eu falava de como fico pra baixo na época das festas – vi panetones no mercado e me dei conta de que o Natal está praticamente aí. Por outro lado, adoro as comidinhas desta época – venho pensando numa série especial de posts, como fiz ano passado, e com sorte com mais receitinhas ainda.

Ainda é cedo para começar a série natalina por aqui, eu sei, mas não pude resistir a estes bolinhos – eles estão na revista DH que recebi sexta passada.

Bolinhos de mel e especiarias
da Donna Hay magazine

- xícara medidora de 240ml

¼ xícara de mel
¼ xícara de glucose de milho (Karo)
½ xícara de açúcar mascavo – aperte-o na xícara na hora de medir
¾ xícara de leite integral
¾ xícara (105g) de farinha de trigo
1 ¼ colheres (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de gengibre em pó
¼ colher (chá) de canela em pó
1/8 colher (chá) de cravo em pó
1/8 colher (chá) de pimenta-da-jamaica moída
1 pitada de noz-moscada moída na hora
65g de manteiga sem sal, fria e picada
1 ovo
açúcar de confeiteiro, para servir

Pré-aqueça o forno a 180°C; unte com manteiga 12 mini forminhas de furo central com capacidade para 1/3 xícara (80ml) cada.*
Coloque o mel, a glucose de milho, o açúcar mascavo e o leite numa panelinha e leve ao fogo médio, mexendo até dissolver o açúcar. Retire do fogo e deixe amornar.
Coloque a farinha, o fermento em pó, o gengibre, a canela, o cravo, a pimenta-da-jamaica, a noz-moscada e a manteiga no processador de alimentos e processe até obter a textura de farelo de pão. Com o processador ligado, acrescente aos poucos a mistura de mel e processe até obter uma massa homogênea. Acrescente o ovo e processe por mais 1 minuto. Divida a massa entre as forminhas preparadas e asse por 20-25 minutos ou até que cresçam e dourem (faça o teste do palito). Deixe esfriar nas formas por 10 minutos e então desenforme com bastante cuidado. Deixe esfriar completamente sobre uma gradinha. Polvilhe com açúcar de confeiteiro antes de servir.

* fiz exatamente a receita acima e usei 4 forminhas com capacidade para 1 xícara (240ml) cada

Rend.: 12 unidades

domingo, outubro 24, 2010

Pudinzinhos de butterscotch

English version

Butterscotch pots / Pudinzinhos de butterscotch

Vocês quase viram mais uma panna cotta por aqui hoje. :)

Sempre penso em panna cotta quando preciso usar creme de leite fresco antes que estrague – o que me fez mudar de idéia desta vez, vocês podem perguntar. As gemas solitárias (pobrezinhas!) que sobraram do buttercream do bolo da minha sogra. :D

Estes pudinzinhos de butterscotch são deliciosos, porém beeeem encorpados, “rich” mesmo – potinhos pequenos são ideais aqui.

Pudinzinhos de butterscotch
do Sticky, Chewy, Messy, Gooey

- xícara medidora de 240ml

6 colheres (sopa) - 84g - de manteiga sem sal
1 ½ xícaras (262g) de açúcar mascavo escuro – aperte-o na xícara na hora de medir
3 ½ xícaras (840ml) de creme de leite fresco
¾ colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de extrato de baunilha
1 colher (sopa) de uísque
9 gemas grandes
chantilly levemente adoçado, para servir (opcional)

Pré-aqueça o forno a 160°C.
Numa panela grande, de fundo grosso, misture a manteiga e o açúcar mascavo, mexendo em fogo médio até derreter. Deixe ferver por 1 minuto e então junte ½ xícara do creme de leite. Mexa até a mistura ficar homogênea. Retire do fogo e acrescente as 3 xícaras restantes de creme de leite. Em seguida, misture o sal, a baunilha e o uísque.
Numa tigela grande, bata as gemas com um fuê até homogeneizar. Aos poucos, junte a mistura de creme quente, mexendo constantemente para não cozinhar as gemas. Despeje numa jarra medidora ou similar, passando por uma peneira fina. Divida a mistura entre 8 potinhos refratários.
Coloque os potinhos dentro de uma assadeira de beiradas altas. Coloque-a no forno e despeje água fervente dentro da assadeira, até que a água chegue à metade dos potinhos, mais ou menos. Cubra a assadeira toda com papel alumínio e faça furinhos no papel para que o vapor possa escapar.
Asse os pudinzinhos até que firmem ligeiramente nas extremidades, mas ainda molinhos no centro (se você mexer na assadeira, o centro dos pudinzinhos vai balançar ligeiramente) – 45-60 minutos.
Retire do forno – com cuidado para não se queimar – e então os remova da assadeira. Deixe esfriar completamente. Em seguida, leve á geladeira, cobertos por filme plástico, até ficarem bem geladinhos, pelo menos 4 horas ou de um dia para o outro.
Cubra cada pudinzinho com uma colherada de chantilly, se desejar, e sirva (eu polvilhei com um tiquinho de cacau em pó, também).

Rend.: 8 unidades – fiz 1/3 da receita acima, usei potinhos com capacidade para 200ml cada

sexta-feira, outubro 22, 2010

Sablés com farinha integral e semente de cacau

English version

Nibby whole wheat sablés / Sablés com farinha integral e semente de cacau

Tenho me divertido muito ultimamente com este livro lindo – qualquer hora eu, a Anh e a Ana Elisa começaremos um fã clube para a Alice Medrich. :D

Além de ser uma baker fantástica, a Sra. Medrich também tem um grande senso de humor: está escrito na receita dela que estes (deliciosos) biscoitinhos podem ser guardados por 1 mês – como se eles fossem durar tanto tempo assim. :D

Nibby whole wheat sablés / Sablés com farinha integral e semente de cacau

Sablés com farinha integral e semente de cacau
do Pure Dessert

1 xícara (140g) de farinha de trigo comum
1 xícara rasa (112g) de farinha de trigo integral
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, amolecida
½ xícara (200g) de açúcar refinado
¼ colher (chá) de sal
1 colher (chá) de extrato de baunilha
¼ xícara de sementes de cacau tostadas (comprei aqui)

Misture a farinha de trigo e a farinha integral numa tigela média. Reserve.
Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga com o açúcar, o sal e a baunilha por 1 minuto, até obter uma mistura cremosa, mas não fofa. Acrescente as sementes de cacau e misture. Junte as farinhas e misture só até incorporar. Raspe as laterais da tigela e misture com a espátula até obter uma massa – se for preciso, misture levemente com as mãos, sovando algumas vezes, para homogeneizar.
Divida a massa em duas partes iguais e forme um rolinho com cada uma delas – cada rolinho deve ter 5cm de diâmetro; para formar os rolinhos, uso uma régua, como a Martha faz aqui. Embrulhe em papel manteiga e leve à geladeira por pelo menos 2 horas ou, preferivelmente, de um dia para o outro.
Pré-aqueça o forno a 180°C; forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga. Com o auxílio de uma faca afiada, corte os rolinhos de massa em fatias de 6mm de espessura. Coloque as fatias nas assadeiras preparadas, deixando pouco mais de 1cm de distância entre uma e outra. Asse até que os cookies dourem levemente nas extremidades, 12-14 minutos, girando a assadeira na metade do tempo de forno. Retire do forno, deixe os cookies firmarem nas assadeiras – cerca de 1 minuto – e então remova cuidadosamente com uma espátula de metal, transferindo para uma gradinha. Deixe esfriar completamente.
Os cookies podem ser guardados num recipiente hermético por até 1 mês.

Rend.: 48 unidades – fiz metade da receita acima e consegui 23

quarta-feira, outubro 20, 2010

Bolo com farinha integral e chocolate + um pequeno desabafo

English version

Wheat and chocolate pound cake / Bolo com farinha integral e chocolate

O bolo da foto não tá bonito? E estava bem gostoso, também, posso garantir a vocês. :) O engraçado desta receita é que prepará-la me fez pensar na minha avó – e não, ela não gosta de chocolate. É que não estava afim de louça extra pra lavar e decidi ralar o chocolate no ralador ao invés de pegar o processador no armário. Que péssima decisão: demorei SÉCULOS para fazer a coisa toda no final meu bracinho estava pendurado, sem um pingo de força. :S

Por isso pensei na vó: cresci com ela dizendo que “preguiça é pecado, minha filha”... :D

Antes da receita, quero lhes contar uma coisinha desagradável que aconteceu: vocês se lembram da promoção “Que Marravilha!”? Pois bem: depois de muita enrolação para anunciar o vencedor – o que finalmente havia sido prometido para a última sexta-feira, dia 15/outubro – descobri, no blog da Simone, que não somente ele já havia sido escolhido como o programa já havia sido até gravado... Sem que os outros blogueiros participantes tivessem sido avisados. Que coisa feia, não? Super decepcionante. Detalhe: depois de eu ter reclamado com a produção da promoção, eu e alguns outros blogueiros recebemos um “belo” email padrão... Conseguiram piorar a situação!

Agradeço os leitores queridos que participaram – do TK, foram 4 – e sinto muito pelo papelão causado pelo GNT; saibam que realmente achei que se tratasse de um canal de TV sério – ledo engano.

Bolo com farinha integral e chocolate
do Pure Dessert

- xícara medidora de 240ml

3 colheres (sopa) de leite integral, temperatura ambiente
3 ovos grandes, temperatura ambiente
1 ½ colheres (chá) de extrato de baunilha
1 xícara (100g) de farinha para bolos* - peneire antes de medir
1/3 xícara + 1 colher (sopa) - 56g - de farinha de trigo integral
¾ xícara (150g) de açúcar refinado
¾ colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de sal
13 colheres (sopa) - 182g - de manteiga sem sal, amolecida
100g (3 ½oz) de chocolate amargo

Rale o chocolate no ralo grosso ou usando o processador de alimentos. Reserve.
Pré-aqueça o forno a 180°C; unte com manteiga uma forma de bolo inglês de 20x10cm (capacidade para 4-5 xícaras), forre com papel manteiga e unte o papel também.
Numa tigela média, misture o leite, os ovos e a baunilha.
Numa outra tigela, misture as farinhas, o açúcar, o fermento em pó e o sal e então peneire tudo dentro da tigela grande da batedeira – despeje de volta na tigela os resquícios que ficarem na peneira. Corte a manteiga em cubos e acrescente à tigela. Em seguida, junte metade da mistura de ovos. Bata em velocidade baixa só até umedecer os ingredientes secos. Aumente para a velocidade média (ou alta, se estiver usando uma batedeira portátil) e bata por 1 minuto apenas. Raspe as laterais da tigela com uma espátula de silicone. Acrescente metade da mistura de ovos restante e bata por 20 segundos. Raspe novamente as laterais da tigela. Adicione o restante da mistura de ovos e o chocolate e bata por 20 segundos. Transfira a massa para a assadeira preparada e alise a superfície. Asse por 55-65 minutos ou até que cresça (faça o teste do palito) – se o bolo começar a dourar rapidamente demais, cubra-o de maneira frouxa com papel alumínio depois de 30 minutos de forno. Deixe o bolo esfriar na forma, sobre uma gradinha, por 10 minutos. Em seguida, desenforme com cuidado e deixe esfriar completamente sobre a gradinha.

* farinha para bolos feita em casa: retire 2 colheres (sopa) de 1 xícara (140g) de farinha de trigo comum e adicione 2 colheres (sopa) de amido de milho

Rend.: 8-10 porções

segunda-feira, outubro 18, 2010

Torta de frangipane e limão siciliano

English version

Lemon frangipane tart / Torta de frangipane e limão siciliano

Há alguém que vocês conhecem tão obcecada por limões que quando não está fazendo cookies de limão ou bolos de limão tem torta de limão saindo do forno. :D

Talvez por eu ser doida por limões achei que faltou limão nesta torta, mas uma amiga minha a adorou e sentiu o sabor do limão mesmo sem saber que a sobremesa levava a fruta. Agora é com vocês: se forem como eu, acrescentem um tantinho de raspas de limão siciliano no recheio, também. ;)

Torta de frangipane e limão siciliano
da Donna Hay magazine

- xícara medidora de 240ml

Massa:
1 ½ xícaras + 1 ½ colheres (sopa) - 225g - de farinha de trigo
½ xícara + 1 colher (sopa) - 127g - de manteiga sem sal, gelada, em cubinhos
½ xícara + 1 colher (sopa) - 78g - de açúcar de confeiteiro
1 pitada de sal
1 colher (chá) de raspas de casca de limão siciliano
3 gemas
1 colher (sopa) de água gelada

Recheio:
100g de manteiga sem sal, amolecida
½ xícara + 1 colher (sopa) - 112g - de açúcar refinado
1 ovo
1 gema
1 ¼ xícaras (125g) de farinha de amêndoas
¼ xícara (35g) de farinha de trigo
¼ xícara de amêndoas em lascas

Coloque a farinha, a manteiga, o açúcar, o sal e as raspas de limão no processador de alimentos e processe, pulsando, até obter uma mistura que pareça farelo de pão. Com o processador ligado, adicione as gemas e a água, processando só até obter uma mistura homogênea. Transfira a massa para uma superfície levemente enfarinhada e misture com as mãos até formar uma bola. Achate formando um disco, embrulhe em filme plástico e leve à geladeira por 1 hora.
Abra a massa com um rolo entre duas folhas de papel manteiga levemente enfarinhadas – se a massa amolecer demais, volte à geladeira por 5 minutos. Unte com manteiga uma forma de torta redonda de 22cm com fundo removível e forre-a com a massa. Remova o excesso de massa com uma faca e faça furinhos em toda a massa com um garfo. Leve ao freezer por 30 minutos.
Pré-aqueça o forno a 180°C. Forre a massa da torta com um pedaço de papel alumínio, pincelado com manteiga, deixando uma sobra de aprox. 2,5cm. Encha o papel com pesinhos próprios/feijões secos e leve ao forno por 15-20 minutos. Remova os pesos/feijões e o papel alumínio e volte a massa ao forno até que doure levemente, mais 10 minutos. Retire do forno.
Prepare o recheio: junte a manteiga e o açúcar na tigela da batedeira e bata até obter um creme claro. Aos poucos, junte o ovo e a gema e bata até homogeneizar. Acrescente a farinha de amêndoas e a farinha de trigo e misture com o auxílio de uma espátula. Espalhe o recheio sobre massa de torta e alise bem a superfície. Polvilhe com as amêndoas em lascas e leve ao forno por 30-35 minutos ou até que o recheio estufe e doure bem. Deixe esfriar na forma.

Rend.: 6-8 porções – fiz 2/3 da receita acima e usei uma forma retangular de 30x10cm

sexta-feira, outubro 15, 2010

Brownies da Tartine bakery

English version

Tartine's brownies / Brownies da Tartine bakery

Fiz esta receita para a minha provadora brownies oficial e perguntei o que ela achara – Pichu disse que eles eram muito, muito gostosos e que pareciam “uma espuminha”. Daí perguntei se eram melhores do que os seus brownies favoritos – ela então respondeu que não daria pra escolher, porque ambos eram uma delícia, apesar de terem texturas bem diferentes.

Acho que a falta de mojo para tomar decisões é mal de família – eu não consigo decidir se prefiro Bill ou Eric... ;)

Receita deste livro, mas fiquei com preguiça de digitar e roubei do blog do Mark. :D

Brownies da Tartine bakery
do Tartine

- xícara medidora de 240ml

¾ xícara (170g) de manteiga sem sal
455g de chocolate amargo, picado – usei um com 70% de cacau
5 ovos grandes
2 xícaras (350g) de açúcar mascavo claro* – aperte-o na xícara na hora de medir
½ colher (chá) de sal
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 xícara + 2 colheres (sopa) - 125g - de farinha de trigo

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga um pirex de vidro de 23x33cm, forre com papel alumínio e unte o papel, também.
Numa panelinha pequena, em fogo baixo, ou usando o microondas, derreta a manteiga. Retire do fogo/microondas e adicione o chocolate, mexendo até que ele derreta e mistura fique homogênea – se necessário, volte ao fogo baixo por 10 segundos, ou ao microondas, potência baixa, em seguida vá em intervalos de 15 segundos, mexendo nos intervalos, atentamente, para a mistura não queimar. Deixe esfriar completamente.
Na tigela grande da batedeira, misture os ovos, o açúcar, o sal e a baunilha. Bata em velocidade alta por 4-5 minutos, ou até que a mistura cresça em volume e caia do batedor em formato de fita. Junte a mistura fria de chocolate, misturando delicadamente com uma espátula de silicone. Peneire a farinha sobre a massa e misture delicadamente mais uma vez, com movimentos de baixo para cima. Despeje na forma preparada e alise a superfície. Asse por 25 minutos ou até firmar levemente e a superfície craquelar – no caso deste brownie não adianta fazer o teste do palito.
Deixe esfriar completamente antes de cortar.

* usei 140g de açúcar mascavo + 125g de açúcar demerara

Rend.: 12 unidades – fiz 2/3 da receita acima e usei uma forma quadrada de 20cm

quarta-feira, outubro 13, 2010

Bolo de banana e nozes (com farinha de quinua)

English version

Banana walnut cake (with quinua flour) / Bolo de banana e nozes (com farinha de quinua)

Como lhes contei num post anterior, tenho me divertido baking com diferentes tipos de farinha – e tem muito mais por vir, garanto. :D

Sobre este bolo, é realmente bom – minha irmã adorou – mas não destronou o meu bolo de banana favorito. Achei as nozes um tiquinho amargas depois de assarem duas vezes – vou usar amêndoas em lascas da próxima vez que fizer esta receita.

Bolo de banana e nozes
do Good to the Grain

- xícara medidora de 240ml

2 xícaras (210g) de nozes em pedaços
½ xícara (60g) de farinha de quinua
1 xícara (140g) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
½ colher (chá) de sal
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, gelada, em pedacinhos de 1,25cm
½ xícara (88g) de açúcar mascavo escuro – aperte-o na xícara na hora de medir
½ xícara (100g) de açúcar granulado
3 bananas maduras, inteiras
2 ovos
1/3 xícara (87g) de sour cream – usei iogurte natural
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Pré-aqueça o forno a 180°C; unte uma forma redonda de 23cm com manteiga.
Espalhe as nozes numa assadeira grande e leve ao forno até que dourem e liberem um aroma gostoso, cerca de 15 minutos. Deixe esfriar completamente.
Peneire os ingredientes secos numa tigela grande e despeje de volta na tigela os resquícios que ficarem na peneira. Reserve. Moa 1 xícara das nozes em um processador de alimentos, cerca de 15 segundos. Com uma faca afiada, pique finamente as nozes restantes (estas serão a cobertura do bolo).
Coloque a manteiga e os açúcares na tigela grande da batedeira e bata, com o batedor em formato de pá, até obter um creme claro e fofo, cerca de 3 minutos. Raspe as laterais da tigela com uma espátula de silicone. Junte as bananas e bata em veloc. média por 30 segundos ou até as bananas se partirem e se misturarem à massa. Junte os ovos, um a um, batendo em veloc. média até incorporar completamente. Adicione o iogurte e a baunilha e misture até combiná-los. Novamente, raspe as laterais da tigela.
Acrescente as nozes moídas e os ingredientes secos e misture em veloc. baixa até combinar; retire a tigela da batedeira e termine de misturar com a espátula, até obter uma massa homogênea. Transfira para a assadeira preparada, alise a superfície e salpique com as nozes picadas. Asse por 50-60 minutos ou até que o bolo doure (faça o teste do palito). Deixe esfriar na forma.
O bolo pode ser guardado por até 3 dias se embrulhado em filme plástico.

Rend.: 8 porções – fiz 2/3 da receita acima e usei uma forma redonda de 20cm de diâmetro

segunda-feira, outubro 11, 2010

Muffins mesclados com geléia

English version

Jam swirled muffins / Muffins mesclados com geléia

Há algo que vocês precisam saber: estou viciada na geléia de amora e limão siciliano usada nesta receita de sorvete – já a provei com bolacha salgada, junto com panna cotta... Não consigo resistir.

Achei que a geléia ficaria maravilhosa misturada à massa de muffin – sem querer parecer pretensiosa, eu estava certa. :D

Muffins mesclados com geléia
adaptados dos muffins de limão siciliano e sementes de papoula da Dorie

- xícara medidora de 240ml

2/3 xícara (133g) de açúcar refinado
2 xícaras (280g) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de bicarbonato de sódio
¼ colher (chá) de sal
¾ xícara de iogurte natural
2 ovos grandes
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, derretida e fria
2/3 xícara de geléia da sua preferência – se estiver muito espessa, adicione um pouquinho de suco de limão (usei esta receita aqui)

Pré-aqueça o forno a 200°C; unte com manteiga ou cooking spray uma forma de muffins com 12 cavidades.
Numa tigela grande, peneire a farinha, o fermento em pó, o bicarbonato de sódio e o sal. Junte o açúcar e misture.
Numa jarrinha medidora de vidro ou tigela pequena misture bem o iogurte, os ovos, a baunilha e a manteiga derretida. Despeje sobre os ingredientes secos e misture levemente com um garfo – não misture demais; a massa de muffin não é homogênea como a massa de um bolo e se misturada em excesso os muffins ficarão duros. Junte a geléia e misture ligeiramente, para não perder o efeito marmorizado. Divida a massa entre as forminhas preparadas.
Asse por 18-20 minutos ou até que cresçam e dourem (faça o teste do palito). Deixe esfriar nas formas por 5 minutos e então desenforme cuidadosamente. Transfira para uma gradinha e deixe esfriar completamente.

Rend.: 12 muffins – fiz metade da receita acima, usei forminhas com capacidade par 1/3 xícara (80ml) e consegui 8

sábado, outubro 09, 2010

Cookies de aveia com chocolate, pecãs e cranberries

English version

Chocolate-chunk oatmeal cookies with pecans and cranberries / Cookies de aveia com chocolate, pecãs e cranberries

Só pra vocês saberem, estes cookies – do lindo blog da Tara – são uma delícia. E se não acreditam em mim, aqui vai o diálogo que tive com um dos meus amigos do trabalho (com quem dividi os cookies):

- Sabe, L., aveia é um ingrediente super saudável, bom pro coração.
- Olha, os cookies estavam tão gostosos que eu os teria comido mesmo se fizessem mal à saúde.

I rest my case. ;)

Cookies de aveia com chocolate, pecãs e cranberries

- xícara medidora de 240ml

1 ¼ xícaras (175g) de farinha de trigo
¾ colher (chá) de fermento em pó
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
½ colher (chá) de sal
1 ¼ xícaras (144g) de aveia em flocos
1 xícara (110g) de pecãs, tostadas e picadas
1 xícara (110g) de cranberries secas
112g de chocolate amargo (usei 70% de cacau), em pedacinhos do tamanho de gotinhas de chocolate
¾ xícara (170g) de manteiga sem sal, amolecida mas ainda fria
1 ½ xícaras (262g) de açúcar mascavo escuro – aperte-o na xícara na hora de medir
1 ovo grande
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Pré-aqueça o forno a 180°C; forre duas formas grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.

Numa tigela média, peneire a farinha, o fermento, o bicarbonato e o sal. Reserve. Em outra tigela, misture a aveia, as pecãs, as cranberries e o chocolate.
Na tigela grande da batedeira, usando o batedor em formato de pá, ou usando uma batedeira comum, bata a manteiga e o açúcar mascavo em velocidade média até obter um creme claro e fofo, raspando as laterais da tigela algumas vezes.Com a batedeira em velocidade médio-baixa, junte o ovo e bata até incorporar.
Raspe novamente as laterais da tigela e com a batedeira em velocidade baixa acrescente os ingredientes peneirados. Misture só até combinar. Por fim, incorpore a aveia, pecãs e cranberries – não misture demais. Desligue a batedeira e termine de misturar com uma espátula de silicone.
Separe porções de ¼ xícara (60ml) de massa e enrole nas palmas das mãos. Coloque nas formas preparadas, deixando bastante espaço entre uma e outra. Com as mãos levemente úmidas, pressione cada bolinha para que fiquem com 2,5cm de espessura. Asse os cookies, uma assadeira por vez, por 12 minutos. Vire a assadeira (de forma que os cookies que estavam no fundo do forno fiquem na frente) e asse por mais 8 minutos, ou até que os cookies fiquem dourados de maneira uniforme, mas ainda estejam úmidos no centro – eles não vão parecer prontos, mas retire do forno mesmo assim para que não assem em excesso.
Retire do forno e deixe esfriar na assadeira por 5 minutos; em seguida, transfira para uma gradinha e deixe esfriar completamente.
Guarde os cookies num recipiente hermético, em temperatura ambiente.

Rend.: 16 unidades – fiz metade da receita acima, usei 1 colher (sopa) levemente cheia de massa por cookie e consegui 32

quinta-feira, outubro 07, 2010

Mini lasagna + ótimas pessoas

English version

Mini lasagna

Posso estar um tantinho desapontada com o Twitter, mas por outro lado estou cercada de pessoas maravilhosas – e isso é ótimo.

Nem todo mundo sabe, mas trabalho como assistente executiva e dia 30 de setembro é Dia da Secretária; as lindas cocottes que vocês vêm na foto foram um presente de um dos meus chefes – o mesmo que me deu o maçarico no Natal; nem preciso dizer que fiquei completamente sem palavras quando abri o pacote – não esperava algo tão bonito e especial.

Falando em pessoas maravilhosas, toda vez que publico receita salgada aqui me lembro do meu querido amigo Ivan – só não tenho certeza se ele gosta de lasagna. :D

Mini lasagna

Não há uma receita exata aqui: é apenas uma questão de se fazer camadas de massa, molho de tomate – à bolonhesa, se preferirem – e queijo; há um passo-a-passo excelente no blog da Tati – foi de lá que tirei a idéia de fazer este prato.

terça-feira, outubro 05, 2010

Panna cotta de iogurte com fatias de tangerina caramelizadas

English version

Yogurt panna cotta with caramelized tangerine slices / Panna cotta de iogurte com fatias de tangerina caramelizadas

Há um tempo eu lhes disse o quanto estava curtindo o Twitter, mas algo mudou alguns dias atrás – não tenho mais achado tanta graça. É culpa minha, provavelmente – eu deveria seguir outras pessoas, com as quais tenha mais em comum. :S

Acho que preciso de um docinho – vou comer outra panna cotta. :D

Yogurt panna cotta with caramelized tangerine slices / Panna cotta de iogurte com fatias de tangerina caramelizadas

Panna cotta de iogurte com fatias de tangerina caramelizadas
daqui e da Australian Gourmet Traveller

- xícara medidora de 240ml

Panna cotta:
¾ xícara (180ml) de creme de leite fresco
½ fava de baunilha, aberta no sentido do comprimento, sementinhas raspadas com as costas da faca
¼ xícara + ½ colher (sopa) - 56g - de açúcar refinado
2 folhas de gelatina incolor
250g de iogurte desnatado – usei integral

Fatias de tangerina caramelizadas:
¼ xícara (50g) de açúcar refinado
1 ½ colheres (sopa) de água
½ colher (chá) de manteiga sem sal
1 colher (chá) de água de flor de laranjeira
óleo vegetal, para untar
2 tangerinas, em fatias grossas no sentido horizontal

Leve o creme de leite ao fogo médio, numa panela pequena, só até começar a ferver. Adicione as sementinhas e a fava de baunilha, misture, tampe e deixe em infusão por 30 minutos.
Adicione o açúcar ao creme de leite e reaqueça, mexendo para dissolver o açúcar, novamente só até começar a ferver. Retire do fogo.
Coloque a gelatina de molho numa tigela com água fria, só até amolecer. Esprema-a entre os dedos para retirar o excesso de água e coloque no creme quente, misturando até dissolver a gelatina. Acrescente o iogurte e misture bem até ficar homogêneo. Passe a mistura por uma peneira fina e divida entre quatro potinhos com capacidade para ½ xícara (120ml) cada. Deixe esfriar, cubra com filme plástico e leve à geladeira por pelo menos 3 horas, ou até firmar.
Agora, a tangerina: junte o açúcar e a água numa panelinha e leve ao fogo médio, mexendo até dissolver o açúcar. Cozinhe, sem mexer, até caramelizar e dourar (4-5 minutos). Retire do fogo, junte a manteiga e a água de flor de laranjeira (com cuidado, pois o caramelo pode espirrar), e então retorne ao fogo, mexendo até dissolver tudo. Despeje numa assadeira untada com óleo e deixe esfriar completamente. Quebre em pedaços menores, transfira para o processador de alimentos e processe até obter um pó fininho. Arrume as fatias de tangerina numa assadeira, polvilhe-as com o caramelo moído e caramelize usando um maçarico culinário (ou o grill do forno) até dourar. Sirva imediatamente com a panna cotta.

Rend.: 4 porções - esta panna cotta fica uma delícia também servida com esta geléia de amora e limão

domingo, outubro 03, 2010

Cupcakes de chocolate da Ana

English version

Ana's chocolate cupcakes / Cupcakes de chocolate da Ana

Além do bolo piña colada, fiz estes cupcakes pro aniversário da minha sogra – chocolate é O sabor universal e também achei que ficariam bonitinhos enfeitando a mesa. :D

A receita vem da minha querida amiga Ana Elisa e vocês não podem acreditar no quão fácil e rápida é.

Falando na Ana – a mais recente e adorável futura mamãe dos blogs de comida – ela está ficando um tiquinho mais velha hoje... Feliz aniversário, Ana! ♥

Cupcakes de chocolate da Ana

- xícara medidora de 240ml

Bolinhos:
1 xícara + 2 colheres (sopa) - 170g - de farinha de trigo
¼ xícara (22g) de cacau em pó, sem adição de açúcar
1 ¼ colheres (chá) de bicarbonato de sódio
¼ colher (chá) de sal
1 ovo grande
½ xícara (88g) de açúcar mascavo – aperte-o na xícara na hora de medir
½ xícara (100g) de açúcar granulado
½ xícara (120ml) + 2 colheres (sopa) de leite integral
1/3 xícara (80ml) café forte ou espresso
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, derretida e fria

Cobertura:
170g de chocolate meio-amargo (usei 70% de cacau), picadinho
¾ xícara (180ml) de creme de leite fresco
3 colheres (sopa) – 42g – de manteiga sem sal, temperatura ambiente

Comece pelos bolinhos: pré-aqueça o forno a 180°C e forre uma forma de muffins com 12 cavidades com forminhas de papel (as forminhas realmente facilitam para desenformar os bolinhos, que saem do forno muito frágeis e molinhos).
Peneire a farinha, o cacau, o bicarbonato e o sal em uma tigela.
Em outra tigela, misture o ovo e os açúcares até ficar homogêneo. Junte o leite, o café e a manteiga derretida. Despeje esta mistura sobre os ingredientes secos e misture apenas até que fique homogêneo.
Divida a massa entre as formas, enchendo-as até ¾ da capacidade. Asse por 15 minutos, ou até que um palito inserido no meio saia limpo. Os bolinhos não vão crescer muito e ficarão achatados no topo, o que facilita na hora de confeitá-los*.
Esfrie nas formas por 10 minutos. Com uma pequena espátula ou faca, desenforme-os com cuidado, deixando que terminem de esfriar sobre uma grade.
Enquanto isso, faça a cobertura: derreta o chocolate em banho-maria, mexendo de vez em quando. Tire do fogo. Aqueça o creme de leite e junte ao chocolate, mexendo bem com um fuê. Deixe que amorne um pouco e junte a manteiga, mexendo até que ela esteja bem incorporada. Deixe descansar até firmar o suficiente para espalhar a ganache sobre os bolinhos (1 hora em temperatura ambiente ou 20-30 minutos na geladeira).
Espalhe a cobertura nos bolinhos. Sirva no mesmo dia ou guarde-os num recipiente hermético fechado na geladeira, onde eles se conservam bem por mais alguns dias: a cobertura firma mais um pouco, mas não deixa de ser deliciosa, e ela protege o bolinho do ressecamento.

* já fiz esta receita duas vezes e em uma delas preparei apenas metade da receita; coloquei menos massa em cada forminha e o cupcakes ficaram com topos bem altos e redondinhos – rend. de 7 bolinhos usando formas com capacidade para 1/3 xícara (80ml) cada

Rend.: 12 unidades

sexta-feira, outubro 01, 2010

Profiteroles com recheio de maracujá

English version

Passion fruit cream profiteroles / Profiteroles com recheio de maracujá

Estou me sentindo extremamente corajosa estes dias: consegui assistir a “A Profecia II” inteirinho, sem desviar o olhar nenhuma vez sequer, À NOITE. :)

Agora estou pronta para ver a última parte e completar a trilogia – mas esta moça querida e eu chegamos à conclusão de que vou precisar de algo para me acalmar durante o filme, como suco de maracujá, por exemplo. Será que profiteroles de maracujá servem? :)

Profiteroles com recheio de maracujá
adaptados da Donna Hay magazine

Profiteroles:
1 xícara (240ml) de água
100g de manteiga sem sal
¾ xícara + 1 colher (sopa) - 115g - de farinha de trigo
5 ovos

Recheio de maracujá:
1 ¼ xícaras (300ml) de creme de leite fresco, batido em picos firmes
½ xícara de polpa de maracujá (com as sementinhas)
¼ xícara (35g) de açúcar de confeiteiro, peneirado

Cobertura de limão siciliano:
1 ½ xícaras (210g) açúcar de confeiteiro, peneirado
2-3 colheres (sopa) de suco de limão siciliano

Pré-aqueça o forno a 200°C; forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Coloque e água e a manteiga numa panela e leve ao fogo alto até ferver. Junte a farinha e bata com uma colher de pau até obter uma massa homogênea. Continue cozinhando, em fogo baixo, mexendo até a massa se soltar das laterais da panela. Transfira para a tigela grande da batedeira. Bata em velocidade alta, adicionando os ovos aos poucos, batendo até ficar homogêneo – bata os ovos levemente com um garfo e vá adicionando gradualmente – você pode não precisar usar toda a mistura de ovos.
Coloque a massa em um saco de confeitar com um bico simples de 12mm e faça círculos de 2cm nas formas preparadas. Asse por 20-25 minutos ou até que estufem e fiquem bem dourados. Deixe esfriar completamente sobre uma gradinha; com cuidado remova os profiteroles do papel manteiga.
Prepare o recheio: misture o creme batido, a polpa de maracujá e o açúcar numa tigela, delicadamente.
Faça a cobertura: misture o açúcar e o suco de limão numa tigelinha até ficar homogêneo.
Recheie os profiteroles com o creme de maracujá e regue com a cobertura de limão.

Rend.: 45 – fiz metade da receita acima e consegui 35 profiteroles pequeninos

Related Posts with Thumbnails