sexta-feira, fevereiro 29, 2008

Focaccia

English version

Focaccia

Eu amo blogs de comida (acho que dá pra perceber na looonga lista aí ao lado, né?), mas não são só eles que leio regularmente. No final da tal lista estão outros blogs – “fora da panela” – que adoro. Como o blog da Marina W, antes conhecido por Blowg. Ela está de casa nova e agora escreve aqui.

Tinha uns raminhos de orégano sobrando desta receita e não queria desperdiçá-los. Junte isso à minha paixão por fazer pão (coisa que não fazia havia séculos) e aí está: a minha primeira focaccia!

A massa é ótima e adorei o resultado – o cheiro da focaccia no forno estava maravilhoso e esperar para cortá-la foi uma tortura... 5 minutos (sim, foi só o que consegui agüentar) que pareciam 50. :)

Estava lendo meus blogs favoritos enquanto traduzia a receita e vi que a Eva e a Xiao Zhu também fizeram lindas focaccias. Adoro essas deliciosas coincidências dos blogs.

Focaccia

Focaccia
do Williams-Sonoma Collection: Bread

- medidas métricas e em xícaras obtidas no livro

1 colher (sopa) de fermento biológico seco
1 colher (sopa) de açúcar
1 ½ xícaras (375ml) de água morna (a 40-45ºC)
½ xícara (125ml) de azeite de oliva, e um tantinho extra para untar
1 ½ colheres (chá) de sal
4 a 4 ¼ xícaras (625-670g) de farinha de trigo – pode ser que um pouquinho a mais seja necessário; usei 630g no total
3-4 colheres (sopa) de folhinhas de orégano fresco
pimenta do reino moída na hora
4 colheres (sopa) de parmesão ralado

Na tigela grande da batedeira – você vai usar o batedor em formato de pá – coloque ½ xícara (125ml) da água morna; polvilhe o fermento + 1 pitada do açúcar por cima da água e misture para dissolver. Reserve em temperatura ambiente até que uma espécie de espuma se forme, cerca de 10 minutos.

Acrescente a xícara de água morna (250ml) e o açúcar restantes, ¼ xícara (60ml) do azeite, o sal e 1 xícara (155g) da farinha. Bata em velocidade média até tudo ficar cremoso, cerca de 1 minuto. Junte 1 xícara (155g) da farinha, reduza para velocidade média-baixa e bata por 2 minutos.

Troque o batedor por aquele em formato de gancho. Em velocidade baixa, junte a farinha restante – vá acrescentando ½ xícara (75g) por vez – até obter uma massa macia que se desprende das paredes da tigela. Continue batendo em velocidade baixa, acrescentando 1 colher (sopa) de farinha se a massa grudar (não precisei fazer isso), até que a massa fique úmida, macia e levemente grudenta, cerca de 6 minutos. Cubra a tigela com plástico ou filme PVC e deixe crescer por 20 minutos.

Forre uma assadeira retangular grande com papel manteiga e unte-o levemente com azeite de oliva. Coloque a massa sobre o papel e, com as mãos untadas de azeite, pressione e estique a massa num formato ovalado, de 2,5cm de espessura. Cubra novamente com plástico e deixe crescer, em temperatura ambiente, até que dobre de tamanho (cerca de 1 hora). A espessura passará para 5cm.

Usando as pontas dos dedos, faça buraquinhos de 2,5cm de profundidade em toda a superfície da massa – afunde os dedos até quase chegar à assadeira. Regue com ¼ xícara (60ml) restante de azeite*. Cubra com plástico mais uma vez e deixe crescer em temperatura ambiente por 30 minutos.

Coloque uma pedra de assar pizza na grade inferior do forno e pré-aqueça-o a 220ºC – não tenho a tal pedra, por isso usei o fundo removível de uma forma quadrada imensa que tenho (40cm); é assim que asso minhas pizzas aos sábados.

Polvilhe a focaccia com as folhas de orégano, a pimenta e o parmesão. Leve ao forno, colocando a assadeira sobre a pedra, e asse até que doure, 20 a 25 minutos. Verifique se o fundo do pão está dourado também – se ainda estiver branquinho, asse por mais alguns minutos.
Transfira a focaccia para uma gradinha (faça isso usando o papel) e deixe esfriar.
Sirva morninha ou em temperatura ambiente, em fatias ou quadrados.

* usei metade disso

Rend.: 1 focaccia oval bem grandona

Focaccia

quinta-feira, fevereiro 28, 2008

Os melhores cookies com gotas de chocolate da Dorie

English version

Dorie’s best chocolate chip cookies

Vocês devem estar pensando “lá vem ela com mais uma receita de cookies com gotas de chocolate...” – e se estiverem, têm razão; fiz mesmo várias, reconheço.

Mas estes cookies têm algo de diferente – é a primeira vez que adiciono nuts e não imaginava que pecãs combinassem tão bem com chocolate.

O rendimento foi muito bom e pude compartilhar os cookies com várias pessoas, que os acharam maravilhosos. Tenho certeza de que a Bri concorda com eles. :)

Dorie’s best chocolate chip cookies

Os melhores cookies com gotas de chocolate da Dorie
do Baking: From My Home to Yours

- xícara medidora de 240ml

2 xícaras (280g) de farinha de trigo
1 colher (chá) de sal
¾ colher (chá) de bicarbonato de sódio
226g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
1 xícara (200g) de açúcar
2/3 xícara (115g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
2 colheres (chá) de baunilha
2 ovos grandes
335g de chocolate amargo picado ou 2 xícaras (340g) de gotinhas de chocolate meio-amargo – usei as gotinhas
1 xícara (100g) de pecãs bem picadinhas

Pré-aqueça o forno a 190ºC – você vai usar a grade do meio para assar os cookies; forre duas assadeiras grandes com papel manteiga.
Peneire a farinha, o sal e o bicarbonato.
Usando uma batedeira – preferivelmente com o batedor em formato de pá – e uma tigela grande, bata a manteiga em velocidade média por cerca de 1 minuto, até que fique cremosa. Adicione os açúcares e bata por mais 2 minutos, até misturar bem. Junte a baunilha e bata. Acrescente os ovos, um a um, batendo por 1 minuto a cada adição. Reduza para velocidade baixa e acrescente os ingredientes secos em três porções, batendo somente até incorporá-los. Ainda em velocidade baixa, ou com uma espátula de silicone/borracha, misture as gotinhas de chocolate e as pecãs.
A massa pode ser coberta com filme PVC e guardada na geladeira por até 3 dias ou congelada. Se quiser, congele porções de 1 colher (sopa) de massa, espalhadas numa assadeira, como se fosse assar os cookies. Retire as bolinhas da assadeira e guarde num saco plástico. Não há a necessidade de descongelar a massa antes de assar – apenas acrescente 1 ou 2 minutos ao tempo total de forno.
Coloque porções de 1 colher (sopa) levemente cheia* de massa nas assadeiras preparadas, deixando 5cm entre uma e outra.
Asse os cookies – uma assadeira por vez e rodando-a dentro do forno na metade do tempo total – por 10-12 minutos, ou até que estejam moreninhos nas beiradas e dourados no centro; o meio dos cookies pode estar ainda molinho, mas não tem problema. Retire a assadeira do forno, deixe os cookies nela por 1 minuto e depois retire-os cuidadosamente com a ajuda de uma espátula grande de metal; transfira-os para uma gradinha para que esfriem completamente.
Repita o processo com a massa restante e resfrie as assadeiras antes de usá-las novamente.

Rend.: 45 unidades

* Usei porções de 1 colher (sopa) nivelada de massa e consegui 60 cookies

Dorie’s best chocolate chip cookies

segunda-feira, fevereiro 25, 2008

Salada de rúcula e ricota assada com açafrão

English version

Arugula with baked saffron ricotta

Nem sempre a comida fica do jeito que esperamos, não é mesmo? A salada aí de cima é um bom exemplo disso...

Peguei a receita neste livrinho – que é um dos mais queridos que tenho – mas o resultado não foi bem o que achei que seria. Eu a escolhi porque seria a minha primeira vez experimentando erva-doce + a primeira vez cozinhando com açafrão.

Acho que não temperei a ricota o suficiente – o sabor ficou suave demais pro meu gosto.

Não penso em fazer a salada novamente, mas como adorei usar o açafrão e também amei a erva-doce compartilho com vocês a receita.

Arugula with baked saffron ricotta

Salada de rúcula e ricota assada com açafrão
do Kitchen: The Best of the Best

500g (2 xícaras) de ricota
1 pitada de açafrão
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 colher (chá) de vinagre balsâmico
1 colher (chá) de óleo de nozes*
2 bulbos de erva-doce, em fatias fininhas
300g de rúcula, talinhos removidos

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Coloque a ricota num refratário forrado com papel manteiga levemente untado. Polvilhe com o açafrão, derrame o azeite de oliva por cima e tempere com o sal e a pimenta do reino. Leve ao forno por 30 minutos. Retire e deixe esfriar.

Misture o vinagre balsâmico e o óleo de nozes numa tigelinha, tempere com sal e pimenta, mexendo bem; acrescente a erva-doce e a rúcula. Misture e sirva com a ricota assada.

* 80 reais por um vidrinho minúsculo? Substituí por azeite de oliva extra virgem.

Rend.: 4 porções

sexta-feira, fevereiro 22, 2008

Madeleines de amêndoas

English version

Almond madeleines

Meu nome é Patricia e me tornei uma viciada em madeleines. :)

Pensando bem, quem consegue resistir a essas belezinhas? Elas são lindas e deliciosas – isso não é ótimo?

Dois ingredientes que adoro usar em baking são iogurte e amêndoas moídas – os baked goods ficam incrivelmente úmidos. Usei uma receita do blog bacana da Mary que usa farinha de amêndoas; o resultado foi uma fornada de madeleines leves e fofinhas. Sou doida por amêndoas, por isso numa próxima vez eu aumentaria a quantidade de essência de amêndoas e diminuiria a baunilha. Fora isso, as madeleines ficaram absolutamente perfeitas.

É a minha terceira vez fazendo madeleines e há muitas outras receitas que quero testar. Quem ler, verá!

Almond madeleines

Madeleines de amêndoas

2 ovos grandes
1/3 xícara (67g) de açúcar refinado
¼ colher (chá) de sal
½ colher (chá) de baunilha
¼ colher (chá) de essência/extrato de amêndoas
1⁄3 xícara (47g) de farinha de trigo peneirada duas vezes
3 colheres (sopa) de farinha de amêndoas (ou moa as amêndoas num processador)
4 colheres (sopa) (57g) de manteiga sem sal, derretida e fria

Pré-aqueça o forno a 190ºC. Unte 12 forminhas de madeleine generosamente com manteiga e polvilhe com farinha de trigo.

Na tigela da batedeira, bata os ovos, açúcar e sal. Bata em velocidade média até obter uma mistura clara, espessa e fofinha – cerca de 4 a 5 minutos.
Junte as essências/extratos de baunilha e amêndoa.

Em velocidade baixa, acrescente a farinha peneirada e a farinha de amêndoas e bata somente até incorporar. Com uma espátula de borracha ou silicone, misture a manteiga derretida, cuidadosamente.

Encha as cavidades da forma quase completamente. Leve as madeleines ao forno e asse até que o topo delas volte ao ser pressionado levemente com a ponta do dedo – 10 a 12minutos.

Deixe esfriar na forma por 2 minutos; transfira as madeleines para uma gradinha para que esfriem completamente.

Rend.: 12 unidades – consegui 15 pequeninas e 5 grandes

Almond madeleines

quarta-feira, fevereiro 20, 2008

Dois acompanhamentos que vocês precisam provar: salada de batata do Jamie e aspargos assados da Martha

English version

Jamie’s potato salad

Eu lhes peço – façam uma das receitas. Ou engate a quinta e façam ambas. Vocês não vão se arrepender, prometo.

Aspargos frescos são uma recente descoberta – não me lembro de vê-los nos mercados quando era mais jovem. Mas desde que os comprei pela primeira vez me tornei fã. Em minha humilde opinião, aspargos frescos ficam gostosos de qualquer jeito que sejam preparados – eu os adoro especialmente em risotos – mas ao juntá-los a azeite de oliva, pimenta do reino e parmesão o resultado é uma combinação que vicia.

Quanto à salada de batata… Sei que se eu disser a vocês que se trata de mais uma receita do programa "Em casa com o Jamie Oliver” vocês vão se convencer do quão boa ela é. Nunca pensei que uma salada de batata pudesse ser tão saborosa – e ficou ainda melhor no dia seguinte.

O Jamie usou limão siciliano e eu usei limão; mas já que vou fazer a salada mais umas 184 vezes, testarei com limão siciliano também.

whb-two-year-icon

Esta é a minha contribuição para o Weekend Herb Blogging, hosted pela Lia do Swirling Notions.

Martha’s roasted asparagus with parmesan

Aspargos assados com parmesão da Martha
do Everyday Food: Great Food Fast

680g de aspargos frescos
1 colher (sopa) de azeite de oliva
sal e pimenta do reino moída na hora
¼ xícara de parmesão ralado fininho

Pré-aqueça o forno a 230ºC. Corte o final dos talos dos aspargos – aquela parte mais fura.
Em uma assadeira de beiradas baixas, junte os aspargos, o azeite, o sal e a pimenta e misture bem. Faça uma camada única de aspargos – não os sobreponha – e polvilhe com o queijo.
Leve ao forno até que os aspargos estejam macios e o queijo, derretido – 10-15 minutos.
Sirva imediatamente.

Rend.: 4 porções

Jamie’s potato salad

Salada de batata do Jamie
do Jamie at Home

500g de batatas bolinhas, descascadas
1 ½ colheres (sopa) de azeite de oliva
sumo e raspas da casca de 1 limão grande
3 colheres (sopa) de alcaparras, escorridas
sal e pimenta do reino moída na hora
1 punhado de salsinha picada*

Cozinhe as batatas em uma panela grande, com água fervente levemente salgada, até que fiquem macias (mas não desmanchando); escorra.
Coloque o azeite, o sumo e as raspas de limão numa tigela grande e misture bem. Adicione as batatas ainda quentes, tempere com sal e pimenta e mexa bem para cobrir as batatas com os outros ingredientes. Acrescente as alcaparras.
Só acrescente a salsinha depois que as batatas estiverem quase frias. Misture bem e sirva.

* ele usou endro

segunda-feira, fevereiro 18, 2008

Brownies com pistache

English version

Chocolate and pistachio brownies

Tenho tantas receitas no meu del.icio.us que talvez nunca consiga fazer todas! E sempre adiciono mais receitas… É, acho que vai ser impossível, mesmo.

A Sara teve uma grande idéia – ela estava fazendo uma receita do del.icio.us dela uma vez por semana; confesso que tenho pensado em fazer o mesmo. Vamos ver se consigo manter o ritmo! :)

Uma das milhões de receitas era a desses deliciosos brownies; a idéia de usar pistache ao invés das nuts de sempre – nozes, pecãs ou avelãs – me pareceu muito boa. E os brownies são exatamente isso: muito bons.

Sem querer acabei assando os brownies por menos tempo, mas tudo bem – foi mais difícil cortá-los, mas ficaram tão fudgy que valeu a pena.

Uma tempestade me dificultou a vida quando tentei fotografar os brownies (nada de luz!), então não deixe de dar uma olhadinha nos brownies na Michelle – e enquanto estiver por lá, veja as outras receitas dela, também. São ótimas!

Chocolate and pistachio brownies

Brownies com pistache

100g de pistaches, já sem a casca
100g de manteiga sem sal
100g de chocolate amargo picado – usei 72% de cacau
2 ovos
225g de açúcar granulado
50g de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de sal

Forre uma assadeira de 18x28cm com papel manteiga, deixando uns 2cm de papel para fora da forma; unte o papel ou borrife-o com spray culinário.
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Pique os pistaches grosseiramente e leve-os ao forno por 8 minutos* – retire-os do forno e despeje sobre um pano de prato limpo e seco. Reserve.
Coloque o chocolate e a manteiga numa tigela de metal ou vidro e leve ao banho-maria até derreter. Bata para incorporar, retire do fogo e adicione todos os outros ingredientes (pistaches também) misturando bem.
Espalhe a massa na assadeira preparada e leve ao forno, na grade do meio, por 30 minutos, ou até que o centro esteja mais firme. Retire do forno, deixe esfriar por 10 minutos e corte em 15 quadrados.
Use uma espátula para transferi-los para uma gradinha, deixe esfriar completamente ou sirva mornos.

* se quiser, use-os sem tostar.

Rend.: 15 – consegui 12 um tantinho maiores

quarta-feira, fevereiro 13, 2008

Frango ao forno com tomates e batatas

English version

Roast chicken tray bake with tomatoes and potatoes

Há umas duas semanas assisti a "Em casa com o Jamie Oliver” pela primeira vez – um episódio sobre batatas. Adoro batatas – quem não gosta? – e todas as receitas eram de dar água na boca. O João deve ter achado o mesmo que eu, pois me pediu pra fazer esse franguinho no dia seguinte, para o almoço – e o negócio dele é carne. VERMELHA.

Não tinha papel e caneta em mãos e também não me lembro de o Jamie ter dado quantidades exatas de ingredientes no programa, então esta aqui é a minha versão do frango ao forno com tomates e batatas dele.

A comida ficou bem gostosa e adorei a idéia de usar orégano fresco – uma boa virada aromática para uma vidrada em manjericão como eu.

whb-two-year-icon

Esta será a minha contribuição para o Weekend Herb Blogging, desta vez hosted pela Erin, do blog The Skinny Gourmet.

Roast chicken tray bake with tomatoes and potatoes

Frango ao forno com tomates e batatas
do Jamie at Home

8 pedaços de frango – misturei coxa, sobrecoxa e asa
1 ½ colheres (sopa) azeite de oliva
2 dentes de alho picadinhos
sal
pimenta do reino moída na hora
sumo de ½ limão
400g de batata bolinha
100g de tomate cereja
¼ xícara (60ml) de azeite de oliva
1 punhado grande de folhas + 2 raminhos extras de orégano fresco

Pré-aqueça o forno a 200ºC.
Aqueça uma frigideira grande em fogo médio-alto e coloque 1 ½ colher (sopa) de azeite. Junte o frango, o alho, tempere com sal e pimenta e vá cozinhando até dourar.
Enquanto isso, ferva água numa panela e cozinhe rapidamente as batatas – escorra-as ainda firmes; reserve. Caso haja batatas muito maiores que outras, corte-as ao meio.
Esprema o limão por cima do frango, misture bem e desligue o fogo.
Coloque o punhado de folhas de orégano num pilãozinho ou processador – o Jamie usou aquele shaker doido dele - e amasse/triture. Adicione o azeite, sal e pimenta e amasse novamente, até obter um delicioso azeite verdinho.
Coloque o frango, as batatas e os tomates num refratário, despeje o azeite de orégano por cima, junte os raminhos extras de orégano e misture tudo.
Leve ao forno por 25-30 minutos e sirva em seguida.

Rend.: serviu bem o casal de famintos no almoço de domingo. :)

segunda-feira, fevereiro 11, 2008

Cookies de aveia, chocolate branco e cranberries

English version

Cranberry white chocolate chip oatmeal cookies

Só pra esclarecer: não há meios de eu me acostumar a chamar uma frutinha tão bonitinha de “oxicoco”. Esqueçam! :)

Provei cranberries pela primeira vez (as secas) há meses quando a queridíssima JB – obrigada, amiga! - me enviou pelo correio. Adorei o sabor azedinho delas. Deliciosas! Comi várias diretamente do saquinho e guardei o restante para usar em uma receita especial. Minha idéia era fazer os scones da JB mas ao mesmo tempo queria algo que durasse mais, para que eu pudesse curtir mais as minhas cranberries. Hum, cookies duram mais que scones. E esses, meus amigos, são cookies dos bons!

Com o docinho do chocolate branco e o azedinho das cranberries + um toque de aveia para amenizar a culpa – afinal de contas, faz bem à saúde – os cookies são um lanchinho fantástico.

Peguei a receita do blog da MrsPresley; os cookies dela pareciam tão bons que foi impossível resistir – tive que fazê-los.

A receita rende muuuuito, então arrumem alguém com quem dividir os cookies – sorte minha a família do João ser grande, caso contrário estaria comendo cookies até agora. :)

Cranberry white chocolate chip oatmeal cookies

Cookies de aveia, chocolate branco e cranberries

- xícara medidora de 240ml

3 ovos bem batidos com um garfo
1 xícara de cranberries secas
1 colher (chá) de baunilha
1 xícara (225g) de manteiga sem sal, amolecida
1 xícara (175g) de açúcar mascavo claro
1 xícara (200g) de açúcar refinado
2 ½ xícaras (350g) de farinha de trigo
½ colher (chá) de sal
1 colher (chá) de canela em pó
2 colheres (chá) de bicarbonato de sódio
2 xícaras (230g) de aveia em flocos finos
1 xícara (170g) de gotas de chocolate branco

Misture os ovos, as cranberries e a baunilha numa tigela pequena, cubra com filme PVC e reserve por 1 hora.

Pré-aqueça o forno a 175ºC e forre duas assadeiras grandes com papel manteiga.
Peneire a farinha, o sal, a canela e o bicarbonato em uma tigela e reserve.
Bata a manteiga e os açúcares na batedeira até obter um creme fofo. Adicione os ingredientes peneirados e misture bem, ainda usando a batedeira. Adicione a mistura de ovos+cranberries+baunilha reservada, seguida da aveia – a massa vai ficar bem firme. Junte as gotinhas de chocolate.
Coloque porções de 1 colher (sopa) nivelada de massa nas assadeiras, deixando 5cm entre uma e outra, ou faça bolinhas com a mesma quantidade de massa e achate-as levemente na assadeira antes de assar (fiz assim).
Asse por 10-12 minutos ou até que dourem levemente.

Rend.: 75 cookies

Cranberry white chocolate chip oatmeal cookies

quinta-feira, fevereiro 07, 2008

Macarrão com tomate, azeitona, grana padano e manjericão

English version

Pasta with tomatoes, olives, grana padano and basil

O João adora macarrão mas só quer saber de molho ao sugo ou à bolonhesa. Ele experimentou o pesto quando fiz pela primeira vez e até gostou, mas ainda fica arisco com outros pratos de massa. É uma bobagem e digo isso a ele.

Quando escolho diferentes receitas de macarrão para experimentar ele já vai falando “quero o meu com molho à bolonhesa” e eu respondo “ok, a velha massa de sempre pra você, mocinho”. Não o forço – minha mãe me fez comer carne tantas vezes quando criança e nem por isso aprendi a gostar.

Mas as coisas parecem estar mudando lentamente na maison dos Scarpins... O macarrão do Bill estava com um cheiro tão bom que enquanto comia notei um garfo “roubando” espaguete to meu prato. E aconteceu aqui também: toda vez que eu olhava pro meu prato tinha menos comida nele – o garfo atacara novamente! Olhei pro João com cara feia, mas não adiantou nada. :)

whb-two-year-icon

Adaptei uma receita da revista portuguesa Blue Cooking e esta será a minha contribuição para o Weekend Herb Blogging, desta vez hosted pela Ulrike, do Kuchenlatein.

Pasta with tomatoes, olives, grana padano and basil

Macarrão com tomate, azeitona, grana padano e manjericão

400g de massa curta da sua preferência
60g de azeitonas pretas sem caroço e grosseiramente picadas
500g de tomates maduros cortados em 8 partes cada um (formato de meia-lua)
sal
pimenta do reino moída na hora
folhinhas de alecrim
½ xícara (120ml) de azeite de oliva extra virgem + azeite extra para regar
4 dentes de alho
200 de queijo grana padano em lascas
1 punhado de folhas de manjericão

Pré-aqueça o forno a 200ºC. Unte levemente uma assadeira com azeite ou óleo e arrume os tomates nela. Salpique-os com sal e pimenta e reserve.
Corte os dentes de alho de forma a haver um pedaço para cada fatia de tomate. Coloque o alho sobre o tomate, adicione umas folhinhas de alecrim por cima, regue com azeite e leve ao forno por cerca de 10 minutos, ou até que fiquem bem macios e a pele comece a escurecer. Retire do forno, espere esfriar, rasgue em pedaços e reserve.
Enquanto isso, cozinhe o macarrão em bastante água fervente e sal.
Coloque o manjericão numa tigelinha, adicione o azeite e bata usando um mixer – fiz metade da receita e usei o meu pilãozinho; fique à vontade para usar um processador pequenino ou o liquidificador.
Escorra o macarrão, adicione as azeitonas, o tomate reservado, o queijo e o azeite com manjericão e dê uma boa misturada. Sirva em seguida.

Rend.: 4 porções

sexta-feira, fevereiro 01, 2008

Risoto de forno de abóbora, bacon e manjericão

English version

Bacon, butternut squash and basil baked risotto

Mais um dos maravilhosos risotos de forno da Donna Hay – acho que me tornei meio preguiçosa depois de começar a fazer risotos assim.

MMJan2008LogoKopie

Alguns de vocês já sabem que risoto é a minha comida preferida e realmente não preciso de desculpa para prepará-lo; mas este fiz especialmente para o Montly Mingle – um evento hosted pela talentosa e doce Meeta. Desta vez, o tema é comfort foods e nada é mais comforting pra mim do que risoto. Ah, e o arroz doce da minha mãe.

Peguei a receita da revista Donna Hay #33 e mudei alguns ingredientes – vocês não podem me culpar por estar viciada em abóbora assada. :)

Risoto de forno de abóbora, bacon e manjericão
adaptado da Donna Hay magazine

400g de abóbora pescoço, descascada e picada
1 colher (sopa) de azeite de oliva
8 fatias de bacon
40g de manteiga sem sal
¼ xícara de folhas de manjericão rasgadas – se usar o do tipo anão, mantenha as folhinhas inteiras
1 ½ xícaras de arroz arborio ou próprio para risoto
4 ½ xícaras de caldo de legumes
1 xícaras de queijo parmesão ralado bem fininho
sal
pimenta do reino moída na hora
manteiga sem sal, derretida, para regar

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Coloque a abóbora, azeite, sal e pimenta numa tigela e misture bem. Transfira para uma assadeira e asse por 25 minutos ou até que a abóbora esteja dourada e macia. Reserve.
Coloque as fatias de bacon num prato, entre folhas de papel toalha e leve ao microondas por 1 minuto e meio ou até que fiquem crocantes. Deixe esfriar e parte em pedacinhos, usando a ponta dos dedos. Reserve.
Coloque o arroz e o caldo de legumes num refratário de 22x30cm* com capacidade para 10 xícaras de líquido e misture bem. Cubra firmemente com papel alumínio e leve ao forno por 40 minutos ou até que a maior parte do caldo tenha sido absorvida e o arroz esteja al dente. Acrescente o parmesão, o sal, a pimenta, a abóbora, o bacon e o manjericão e mexa bem. Regue com a manteiga e sirva em seguida.

* usei uma tigela tipo bowl, funda – achei que ficaria mais fácil misturar os ingredientes nela do que numa tigela retangular.

Rend.: 4 porções

Related Posts with Thumbnails