quarta-feira, setembro 24, 2008

Foi mal, hein, Jamie? Pão esquisito de banana e mel

English version

Não estava muito inspirada a escrever o post de hoje, por ser sobre uma receita que não deu certo, mas mudei de idéia depois de ler o texto da Pea.

Marquei a receita semana passada e mal podia esperar para testá-la – adoro preparar pães e a idéia de um pãozinho de banana e mel me conquistou. E o tal pãozinho era receita do Jamie, por isso tive certeza de que ficaria delicioso.
Bem, isso não vou poder lhes dizer, já que o pão ficou tão esquisito que não senti vontade alguma de prová-lo. Estava úmido demais, denso demais, pesado... Simplesmente não parecia pão. Não sou nenhuma expert, mas já fiz pães com fermento biológico centenas de vezes com bons resultados. E de bom o pão do Jamie não tinha nada (ainda bem que fiz só meia receita).

Não vou deixar que isso me tire a vontade de preparar um pão de banana (feito com fermento biológico). Se tiverem sugestões ou receitas para compartilhar comigo, sou toda ouvidos, quero dizer, olhos. :)

Sem receita hoje – mas vocês podem ver a original aqui.

24 comentários:

Karina disse...

Oi moça, isso acontece o tempo todo comigo, ehehehe. Espero ansiosamente para preparar uma receita e ela não dá certo.. a quem culpar?!?!? eheh. O tecidinho de florzinha é lindo.. adorei. Bjos

Renata Gaeta disse...

é muito frstrante né? já aconteceu comigo com um bolo de chocolate da Nigella. Não sosseguei até comprar os ingredientes e prepara. Ficou simplesmente incomível... uma pena.
mas logo vc achará um pão de banana delicioso e postará pra gente!
bjs

Laurinha disse...

Pat, que chato! e frustrante... e caro....
Adoro banana, fresca, em doces, mas sabe que nunca preparei/procurei por receita de pão (com fermento biológico)?

Olha, a Agdá fez um, até anotei o comentário dela que o sabor da banana não ficou muito marcante...
mas não cheguei a experimentar...

Vc chegou a testar o fermento, para ver se ela ainda estava bom, ativo?

Fui lá no site dele olhar o pão, parece realmente tentador, e realmente bem moist....
e para nosso fermento, seriam 4 x 15g ou 2 colheres (sopa) para 1 kg de farinha, right?

Bom... bola pra frente, digo, pão pra frente!
Rumo ao próximo!

Beijinhos

Leila disse...

oi Paty, tu bem sabes que eu ando meio com pé atras com o jamie... eu tenho algumas receitas e assim que tiver tempo te passo.
beijinhos
fica triste nao!

Clumbsy Cookie disse...

Que pena que não deu certo... Mas a ideia era boa mesmo. Ai Jaime, Jaime... Nunca fiz nunhem pão assim, mas de certeza que vais encontrar uma boa receita!

Silvinha disse...

Isso me lembrou uma receita de banana's pancakes, que eu estava doente p/ experimentar... com iogurte natural na massa, pareciam deliciosas... mas no fim, aff, que coisa mais pesada...

Beijo!

Silvia Arruda disse...

Pão esquisito de banana e mel foi boa... hehehe
Ganhei dois livros do Jamie de meu marido e ainda não testei nenhuma receita... vou ficar esperta! hehe

laila disse...

vira emexe acontece...anteontem quase tudo q eu fiz ficou horrivel...minha mae até falou, laila oq aconteceu....

foi engraçado, mas as evzes é memso a areceita a vilã...
]
bjs

Nana disse...

Nossa a diferença é enorme, pena que não deu certo...
Bjs

Mari disse...

Oi querida,
Puxa, que pena a receita não ter dado certo.. :(
A receita parecia mesmo deliciosa, mas se uma pessoa habilidosa como você não conseguiu fazer, é pq com certeza tem furo nela... alias, tenho lido q as receitas do Jamie Oliver têm muitoo furo... comprei o livro dele (Jamie em Casa), ainda não testei nada, mas assim q testar, te conto.
Legal saber q vc passa sempre pertinho de casa... eu trabalho na Gabriel Monteiro da Silva, mas quem sabe a gente não combina um cafézinho qquer dia para se conhecer pessoalmente? =D
Aqui está meu e-mail para nos correspondermos com mais frequencia: mr_azevedo@hotmail.com.
Ah, e nao desista MESMO de procurar uma receita para fazer um pãozinho com banana e mel... tenho certeza de q vc encontrará a receita certa, e ainda vai postar a delícia aqui para nós!
Super beijo

Mari

risonha disse...

sabes que eu adoro os pães e bolos assim massudos e pesadões?
há dias fiz um bolo que ficou assim com essa textura e só eu e a minha filha é que gostávamos dele.
lol
por isso acho que ia gostar desse pão...
mas dá uma raiva danada quando a gente idealiza uma receita e a coisa não corre conforme o esperado.

Beta disse...

Oi Patricia,

É isso mesmo...chaaato, mas faz parte! Daqui a pouco dá certo!

Nandinha bandida disse...

Oi Patricia!
Estava no google procurando receitas nada especifico.
Adoro cozinhar para mim é um prazer.
Achei seu blog e adorei mexendo aqui fuçando ali encontrei inumeras receitas de cookies.
Meu namorado chocolatra assumido e louco por cookies sempre me pediu que fizesse, mais nunca tinha feito não tinha nenhuma receita e nunca tinha encontrado uma que me chama-se atenção.
Mais aqui tem receitas de cookies para todos os gostos né não tem mais desculpa!
To com medo de mostrar seu blog pro meu namorado e não sair mais da cozinha.
Quando experimentar uma volto e conto como ficou!
Bjs

Tina Lopes disse...

Quando minha mãe fazia pão de minuto, sempre errava, ficava massudo demais. E eu acostumei; o dia que comi um perfeitinho achei ruim. Adoro massudos também. Adoro o Jamie, mas acho ele desleixado demais com as receitas. Não confio. A Nigella, ignoro. Geme demais. Ainda sou fã mesmo do Luiz Cintra, cada receita anotada dava certo ou só o conselho "entenda o conceito".

Veggie disse...

coma assim mesmoooo!! nada com banana e mel pode ficar ruim.

Patricia Scarpin disse...

Karina, fiquei tão arrasada... :)
Beijoca e obrigada!

Renata, é frustrante, sim! E outras duas blogueiras australianas me contaram que fizeram a receita e que deu errado, também...

Laurinha, vou dar uma espiadinha no da Agdá.
O fermento estava bom, sim, era o seco e usei para fazer massa de pizza no mesmo dia, mais tarde, e deu certinho.
Raramente uso fermento fresco, não gosto porque o prazo de validade é muito curto, acaba indo pro lixo... :(
Beijos, querida!

Leila, eu sei, viu? Lembrei daquele bolo de limão.
Beijos!

Rita, vou sim!
Beijo!

Silvinha, que pena, né, amiga?
xx

Si, já fiz outras receitas dele e ficaram boas! Vai fundo, amiga. :)

Laila, depois de ficar sabendo que esta receita deu uma lambada em mais gente nos blogs fiquei mais tranqüila - a culpa não foi minha, mesmo! :)

Nana, pena sim!
Beijos!

Mari, podemos, sim, tomar um café, vou adorar!
Pode deixar que vamos trocar emails.
Fui ao Hortifruti esta semana e comprei uns morangos lindos e não estavam caros.
Beijoca!

Risonha, é sério? Se você estivesse por perto, te convidada pra um chá lá em casa. :)

Beta, vamos torcer!

Nandinha, obrigada pela receita! Vou torcer para o namorado gostar dos cookies e vou adorar saber tudinho depois.
Beijos!

Tina, morri de rir de ti.
Acho que o Jaime é bom pra cooking mas não pra baking, em que as medidas têm de ser exatas, mesmo...

Ivan, meu coração ficou partido demais, não consegui!

brisak disse...

Oi Pat! Nao li tudo pois eh tarde mas epsero que a resposta ajude: Moro nos US ha mais de 10 anos e..Banana Bread NÃO É (ponto extra pro esforco de acentuar..hehe) Pao de Banana. O que chamam aki (US) de Banana Bread eh o nosso bolo de banana, um pouco mais pedacudo e denso.

Serio. EU tb cai na traducao, mas com tempo ( e mente aberta) percebih meu erro:))

A receita que uso ( do allrecipes.com, banana bread V, com minhas alteracoes, claro) rende 2 formas de bolo ingles, muito gostosos (os bolos, nao os paes..hehe

Abs

Patricia Scarpin disse...

Brisa, se você acompanhasse o meu blog, ou pelo menos tivesse lido o post inteiro, não teria jumped to conclusions: eu sei muito bem o que é o banana bread daí. Mencionei no post que o meu interesse era num yeasted bread.
Esse é o tipo de comentário que não tem utilidade alguma, mesmo. Como aquela bobagem que você comentou sobre o pesto ao contrário da Nigella. Só aparece aqui pra mostrar o quanto é pedante. Da próxima vez, é melhor não comentar - guarde o seu expertise pra você. Não preciso dele.

Ana Elisa disse...

Patrícia,
pois é. acho que o jamie é ótimo para tirar o medo das pessoas de fazer pão. Mas todos os pães dele ficam com gosto de fermento, ou não são aquilo que ele promete (caso da ciabatta que fiz noutro dia que de ciabatta só tinha o formato). Eu uso as idéias dele e aplico os conceitos e fórmulas que aprendi com padeiros-padeiros mesmo, tipo o Bertinet. É melhor assim... Fiquei com vontade, no entanto, de tentar algo com mel e bananas... hmmm...

Bjos!!

Valentina disse...

Ah, mas que dó Pat. Ficaria enlouquecida de frustraçao. E como dizes que outras pessoas passaram pelo mesmo ( ja li o outro post) realmente a fonte parece estar furada. A cara do pao esta realmente estranha.

Anônimo disse...

Oi Patrícia!
Gosto muito do seu blog. Já estive aqui várias vezes mas nunca comentei. Hoje, por coincidência, tinha acabado de passar aqui: http://www.thezenkitchen.com/2008/08/banana-bread-but-not-that-kind-of.html?showComment=1219318140000#c223754594778496220
Lá tem uma receita de Banana Bread com fermento biológico. Nunca fiz esse tipo para saber se fica bom, mas a foto ficou bonita, né?
Um abraço,
Débora.

Patricia Scarpin disse...

Débora, pois você tem razão, a foto está lindíssima! Já guardei a receita para testar.
Obrigada e um beijo!

Anônimo disse...

Patricia,
sempre leio seu blog, mas acho que vc nao lida bem com criticas.
um dia deixei uma duvida pois nao deu certo uma receita sua e vc nem ligou, deu uma resposta bem evaziva.Sabe é tudo lindo o que vc faz, mas nao precisa responder como respondeu acima esse tal BRISA, vc é a estrela,não perca a elegancia, ok?
olha eu fiz esse bread e deu muito certo, mas tenho ate medo de falar porque vc pode entender mal..
Gosto muito de tudo o que vc escreve e Parabéns, mas pense nisso ok?
beijos
Maria

Patricia Scarpin disse...

Oi, Maria, tudo bem?
Eu realmente não me lembro de qual dúvida você teve e me desculpe se a resposta foi evasiva - será que a sua pergunta não foi evasiva também? Se quiser, pode me mandar um email ou deixar outro comentário, sempre tento responder com atenção a todos que me lêem, mas tem gente que não sabe nem formular uma pergunta, é triste, mesmo, ou acha que eu tenho obrigação de responder a algo que não tem pé nem cabeça. Mas vamos levando. Eu sou a favor de críticas desde que tenham fundamento - eu e a Brisa já nos conhecíamos de outras situações, isso é algo que você não sabe, não é mesmo? Porém fique à vontade para defendê-la.
Eu não acho que tenha perdido a elegância, como você diz, mas se eu quiser perdê-la o blog é meu, e sou sim a estrela, não é?
Aceitar críticas é um dom, mas saber criticar também é.

Related Posts with Thumbnails