segunda-feira, setembro 18, 2006

Esfiha de carne

As comidinhas do dia-a-dia não têm lugar em casa às sextas e sábados à noite. São noites em que comemos pizza, fondue (estamos um pouco obcecados com fondue de queijo, é verdade) ou o "nosso barzinho" - definição de uma tábua pequena de frios, fatias de pão italiano e um potinho de sardela. Cerveja e/ou vinho para acompanhar. Ah, tudo isso enquanto ficamos de preguiça no nosso sofá, vendo algum filme na TV. Delícia.

Semana passada, porém, o João me fez um pedido diferente. Ele queria comer esfiha. Fazia muito tempo que eu não fazia esfiha. Nem sabia onde tinha ido parar a receita que eu sempre usava (receita de vovó).

Peguei a receita no site do fermento Fleischmann. Adorei. A massa é super macia e a quantidade de farinha solicitada é perfeita - não precisa adicionar mais, nem ver ponto da massa. Ela cresce bastante também.
Da próxima vez, entretanto, vou aumentar a quantidade de carne (achei que faltou um pouquinho). Não se esqueça de que o recheio deve estar frio para ser usado.

Fiz metade da receita, usando fermento seco (vou postar assim). Se quiser usar fermento fresco, use 30g (dois quadradinhos) e dissolva na água morna, depois acrescente o restante dos ingredientes.

Esfiha de carne

500g de farinha de trigo
10 g (1 sachê) de fermento biológico seco
1 colher (sopa) de açúcar
1 ovo grande
240ml de água morna (35ºC)
55ml de óleo de soja
1 1/2 colheres (chá) de sal

Recheio:
250g de carne moída - refogue e tempere a seu gosto. Eu usei cebola, azeite e azeitonas verdes picadinhas. Da próxima vez, vou usar tomates tb.

Misture o fermento na farinha. Acrescente os demais ingredientes (deixei o sal por último, para que ele não atrapalhe a ação do fermento). Misture bem e sove até obter uma massa lisa (a danada quase não gruda nas mãos nem no granito). Aqui uma diferença: o site diz para fazer pequenas bolas e deixar crescer, sendo que cada bolinha será transformada numa esfiha depois. O que fiz foi fazer uma bola grande e deixar crescer assim mesmo, sem dividi-la. Cresceu muuuuuuuito!
Abra porções de massa, recheie e feche, formando triângulos. Coloque-os em assadeiras levemente untadas. Cubra e deixe crescer novamente (20 minutos).
Leve ao forno pré-aquecido (180ºC) e asse por 30 minutos, ou até que as esfihas estejam douradas.

Rend.: 16 esfihas de 50g + 1 de 60g (que recheei com nozinhos de mozzarella e folhinhas de manjericão - hum!!!)

21 comentários:

Dadivosa disse...

Patrícia, essa massa tem cara de ficar booooaaa! A minha vogra faz o recheio com a carne crua mesmo. Ela tempera tudo e mistura, põe dentro das esfihas e coloca no forno assim mesmo, cruzinho. O recheio cozinha junto com a massa, solta um gostinho bem bom. Mais uma que vou experimentar :)

Fezoca disse...

ah, qto tempo que eu nao faco ou como esfirra! minha barriga deu um ronco, eh quase hora do almoco. vou ter que fazer esfirra qualquer dia. beijos! :-)

valentina disse...

PAt, adoro esfiha. Vou fazer quando voltar do Brasil pois agora nao vai dar tempo. Tenho um passo a passo bem legal para o formato. Vou achar.Depois te conto.

Patricia Scarpin disse...

Dadivosa, a massa fica boa, sim! E super macia. Ela corou bem sem precisar pincelar com gema de ovo (eu não gosto de fazer isso, sempre que dá, evito).
Ah, gostei da dica de rechear com carne crua. Acho que o recheio fica mais molhadinho, está anotado!!!!

Fer, querida, faça, sim! Tenho certeza de que o filhão e a norinha vão gostar. :D

Val, manda sim o passo-a-passo, pls. Eu modelei e fiz aqueles biquinhos na hora de fechar o triângulo, mas elas cresceram tanto que os biquinhos sumiram!!

valentina disse...

Pat, as tuas estão lindas. As minhas dão medo.Preciso do passo-a-paaso como precisamos de oxigênio.

Karen disse...

Nem me lembro da última vez em que comi uma esfiha! Gostava de umas de frango com catupiry que vendiam no colégio.
Dei risada desse hábito de vocês às sextas, nós também fazíamos isso (antes da dieta!), comprávamos um pão italiano, queijos, frios e outras coisinhas, abríamos um vinho... (Suspiro!)

Eliana Scaramal disse...

Ficaram lindas suas esfihas eu faço sempre aqui em casa, mas eu não cozinho o recheio, eu coloco cru na massa, e pra isso esse recheio deve ser escorrido bem escorrido depois de temperado, porque se não ele solta muita água na massa e estraga.

Akemi disse...

Aqui também temos este hábito de comer "comida diferente" nos finais de semana. Delícia mesmo, comer, ver filmes, namorar! rsss
Tbm não faço esfihas faz séculos! Esta massa parece ótima mesmo de trabalhar, preciso testar quando o santo das massas baixar por aqui! Gosto da esfiha que leva recheio cru, mas prefiro o refogado pois me não me dá azia! :P
Adorei a dica desta esfilha única que vc fez de queijo e basil! Nhammm!

Patricia Scarpin disse...

Valentina, ri tanto do teu comentário! :D

Karen, nem me fale em dieta. Preciso urgente, mas não tenho disciplina (a.k.a. vergonha na cara).

Eliana, adorei a dica do recheio! Obrigada!

Akemi, é bom ficar de preguicinha comendo coisas gostosas, não é?? :D
A de queijo é a minha cara, pq não sou fã de carne!

renata disse...

Eu fazia sempre sobre o crivo da minha mãe mas isso já tem milênios.Agora precisaria de um aulão daqueles para fazer o acabamento rs atrás.As tuas ficaram perfeitas e do jeito que eu gosto: nem corada nem branca demais.

Marcia da Paz disse...

Oi Paty , no aniversario do Raul, fiz esta receita da massa, única coisa q muda é o recheio q a carne é crua, acho q "liquido" da carne ajuda deixar mais "macia".....já fiz tb com carne refolgada mas foi esfira aberta a carne ficou muito ressecada, mas tb ficou boa. bjs

Fernanda Barcellos disse...

Patrícia, fiz sua receita ontem - ficou bárbaro! Minha filha tinha de levar lanche para a escola e como eles não são fãs de carne, fiz com espinafre refogado, milho e queijo. NOssa, ficou uma coooooisa. Valeu! Um beijo.

Silvia Cesarini disse...

Oi Paty, a sua receita de esfiha é parecida com a minha, mas o recheio de carne é diferente. Tente fazer com a carne moída crua, bem temperadinha com zaatar, pimenta do reino, gotinhas de limão e 2 colheres (de sopa) cheia coalhada fresca. Misture tudo muito bem, recheie e leve para assar. Fica maravilhoso!
bjinhus

Giseli Sato disse...

Oi Patricia... Tudo bem? Vou testar esta receita, pois pela cara das suas esfihas e pelos comentários, devem ser maravilhosas. Sou ambulante e vendo meus quitudes nas ruas do comércio onde moro, adorei a receita e vou agregá-la às minhas. Muito obrigada... Fica com Deus... Bjão

Patricia Scarpin disse...

Oi, Fernanda!
Que recheio delicioso! Fico feliz sabendo que todos gostaram - obrigada por vir aqui me contar!
Um beijo!

Silvia, eu acabei fazendo outra receita com carne crua e deu super certo - obrigada pela idéia!

Giseli, tudo bem, sim, e você?
Espero que dê certo contigo e que você ganhe bastante $$ com elas!
Um beijo e boa sorte!

Giseli Sato disse...

Oi Patrícia... Tudo bem?
Olha, to ótima e feliz!!! Fiz a massa, (duas de uma vez só), ficou maravilhosa. E adivinha? Sucesso de vendas!!!! Vendeu tudo e foi só elogios. Valeu mesmo. Fica com Deus... Bjim

Patricia Scarpin disse...

Giseli, isso me deixa tão contente! E que carinho seu vir aqui me contar, estou agradecida!
Um beijo grande e boa sorte!

Anônimo disse...

Essa quantidade de ingredientes é como estava no site ou é a metade obrigada.

Patricia Scarpin disse...

Anônimo, eu não me lembro. :S

Anônimo disse...

Patricia quero fazer você disse que fez a metade da receita essa quantidade de ingredientes é a receita inteira ou só a metade obrigada ficaram lindas.

Patricia Scarpin disse...

Anônimo, eu entendi a sua pergunta da primeira vez. O problema é que eu não me lembro se a receita postada aqui é metade ou não.

Related Posts with Thumbnails